domingo, 30 de maio de 2010

Último post

Este jornalaico encerra suas atividades ao completar 1.000 visitas, tendo cumprido sua experiência, especialmente nos dois últimos meses. Nasceu como curiosidade no dia 17 de setembro de 2009, com um post intitulado “Jornalismo agora é uma atitude”, ao qual teria hoje o que acrescentar, mas não o que mudar. A contagem de visitas só começou na segunda quinzena de abril. O pequeno número de comentários comparado ao número de visitas (relativamente alto, na minha expectativa, para um blog individual que não tem divulgação), confirma minhas suposições. (Infelizmente, o visitante nº 1.000 não atendeu meu apelo de escrever um comentário.)
Acho estranho o blogueiro que dialoga com seus leitores, porque assume uma posição pública e de exposição num ambiente quase particular. Um blog é como a casa da gente, o blogueiro imagina que fantasmas passam ali, invisíveis; um contador de visitas é como um detector de fantasmas, um comentário é como uma psicografia, e dirigir a palavra ao leitor é como falar com fantasmas. Enfim, é uma novidade no comportamento humano entre tantas que a internet nos proporciona – talvez o avanço tecnológico esteja mesmo nos aproximando dos espíritos.
Não posso, porém, deixar de me despedir dos leitores e de lhes prestar satisfações. Aos frequentadores habituais, talvez limitados aos que me distinguiram como seguidores, ou parte deles. Ao leitor desconhecido, uma vez que a internet é um mar e um blog é uma garrafa com mensagens lançada nele, com a diferença que, achada por um, continuará a flutuar na água, sabe-se lá até quando
...

sábado, 29 de maio de 2010

Os reforços problemáticos do Galo

Os reforços do Galo de Celso Luxemburgo: Lima, que fez contrato de três meses porque vem de um cirurgia grave; Neto Berola, atacante que não faz gol porque não sabe finalizar, mas espera aprimorar "esse fundamento", e Daniel Carvalho, que pretende resgatar o começo de carreira no Inter, porque depois deixou o futebol de lado. É como eu disse: quando não procura o pior disponível no mercado (o pior goleiro, o pior lateral direito), o Atlético contrata jogadores problemáticos. Por quê? Era bom conhecer os interesses por trás dessas contratações. Pode dar certo, mas a tendência é dar errado.

Fórum da Aliança das Civilizações no Rio revela quem quer a paz e quem quer a guerra

"O Brasil aposta no entendimento que faz calar as armas"
Impressionante como tudo está a favor do governo Lula. Ao mesmo tempo, o noticiário revela como a imprensa tradicional não é o partido da direita apenas no Brasil, mas em escala internacional. Um exemplo é a cobertura da AFP da abertura do Fórum da Aliança das Civilizações da ONU, que acontece no Rio de Janeiro, com presença do secretário-geral Ban Ki-moon. A Aliança é uma iniciativa recente da ONU para superar barreiras culturais e religiosas que levam a conflitos entre os povos. O Brasil faz discurso a favor do entendimento e dá o exemplo, como no caso do acordo nuclear com o Irã e a Turquia; os EUA apostam no conflito, nem comparecem ao fórum (governo Obama, não é o governo Bush não). A agência noticiosa da direita diz que o presidente brasileiro e o primeiro ministro turco foram "duros" e, em vez de falar do entendimento, insiste na "polêmica" sobre o acordo com o Irã. Que polêmica? Polêmica é o Irã aceitar o acordo que os EUA queriam, mas agora não querem mais? Polêmica é o Brasil e a Turquia ousarem firmar um acordo que os EUA não fizeram? O que qualquer jornalista digno deve é se perguntar por que os EUA não conseguiam fazer um acordo que para Turquia e Brasil foi tão fácil fazer. Exatamente o ponto para o qual chamou atenção um conselheiro da CIA, conforme se publicou aqui.
A matéria da AFP.
Blog do Planalto.
Sítio da Aliança das Civilizações.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Professores estaduais fazem acordo e encerram greve

Depois de 48 dias parados, os professores da rede pública estadual voltaram ao trabalho nesta quinta, 27/5/10.
Matéria do sítio da CUT-MG.

QUEREMOS GOLEIRO!

Celso Luxemburgo disse que ficou incomodado com o time. “O que me incomodou hoje não foi a derrota, porque eu já perdi muitas vezes, foi o time não ter abraçado o Marcelo, que errou, e dizer que vamos empatar para você, chamar a responsabilidade e depois virar 11 guerreiros dentro de campo, jogar como se estivesse pegando o prato de comida”, afirmou.
Atitude começa pelo treinador. A mim, o que incomodou foi a falta de atitude de Vanderlei Roth, que devia ter tirado aquelas pragas irresponsáveis (Marcelo e Diego Macedo) de campo imediatamente, como fez o Dorival Júnior dia desses, e ainda salvar o jogo, em vez de deixá-los em campo para entregar mais um gol. FORA MARCELO! FORA DIEGO MACEDO! CHEGA DA JOGADOR DE SEGUNDA!
Celso Luxemburgo já vem com o mesmo discurso do perdedor anterior ("Nós ganhamos, eles perderam"), fala como se não tivesse nada a ver com a atitude do time, com a forma como ele joga, com a formação do elenco: “Como ainda é o quarto jogo da competição, espero que eles tenham aprendido hoje e para frente não cometermos esses erros e ter prejuízos em momentos importantes”, destacou o treinador. Treinador não tem que esperar, não, tem que fazer, tem que comandar. Se o time não é o que ele "espera", muda, treina. Ele está lá pra quê?

quarta-feira, 26 de maio de 2010

A magnífica interpretação da Rainha do Soul para a belíssima I say a little prayer

Não me canso de ouvir e cada vez acho mais bonita. Então, repito, para terminar o dia com essa pérola.
https://www.youtube.com/watch?v=STKkWj2WpWM 



Não bastassem a voz (que voz!) de Aretha Franklin e a música (Bacharach & David, de novo), ainda tem o coro e a coreografia. É o máximo.

Oba! Vamos poder dormir mais cedo!

Hoje o caminhão do lixo passou às 22h37.

Renan titular! Marcelo e Diego Macedo nunca mais!

Um jogo pra afastar o torcedor, pra gente não querer ver o Galo jogar novamente durante muito tempo. O timinho de Vanderlei Roth perdeu mais uma. E com um gol de um ex-atleticano na sua estreia e na primeira jogada. Ou seja, o jogador é bom, o timinho é que é ruim. É o contrário do Santos de Dorival Júnior: este pode levar dez gols que o ataque faz onze; o ataque do Atlético de Vanderlei Roth pode fazer dez gols que a defesa leva onze. Um jogo fácil, o adversário sem cinco titulares e um jogador a menos, mas o nível técnico dos jogadores que essa gente contrata é muito baixo. Mandaram Evandro, que fez o gol, e o Renan Oliveira, para trazer Neto Berola. Olha só o nome do cara. Posso estar enganado e nome não diz nada, mas o histórico diz muito. Basta dar uma olhada no elenco do Galo no Uol Esporte para ver a quantidade de Netos Berolas que o clube tem, jogadores contratados com barulho e que nem entram em campo. É impressionante a incompetência dessa gente. Se for só incompetência. Aposto que os que foram vão brilhar no Vitória. O melhor centro de treinamento do país, o treinador mais caro, que já ganhou mais títulos nacionais, no entanto... Kalil contratou um monte de bondes, a começar pelo ex-treinador em atividade. Vanderlei Roth não teve coragem de fazer o que fez o Dorival Júnior outro dia: tirar imediatamente aquelas duas perebas de campo, o goleiro e o lateral direito. Se tivesse feito, ainda dava para empatar, ou virar, mas os dois ficaram em campo para entregar mais um gol. Um treinador que não vê o óbvio e não tem coragem para tomar decisões é mesmo um ex-treinador em atividade. E o goleiro saiu falando em levantar a cabeça... Uma torcida que já teve Taffarel, Mazurkievski, Renato, João Leite, agora tem de aguentar esses goleirinhos de segunda divisão, é o fim da picada. Dispensa sumária, é a única decisão decente. A torcida não merece ver esses jogadores vestindo a camisa do Galo nem uma vez sequer mais. É hora de promover o garoto Renan, dos juniores, mil vezes melhor do que essas goleiros de segunda que o Galo contratou nos últimos meses.

Um goleiro ainda pior do que o Aranha e o Carini. O Galo conseguiu

Normalmente, os clubes procuram os melhores jogadores para contratar. O Atlético é diferente. Kalil manda procurar os piores. Ou será o Luxemburgo? Qual é o pior lateral direito do país? Traz ele. Qual o pior goleiro? O Aranha é péssimo, mas tem um pior ainda, mais irresponsável. Ótimo! Contrata.

Elogios à diplomacia brasileira no caso do Irã vêm de onde menos se espera

Em ótimo artigo publicado pelo Estadão, ex-vice-presidente do Conselho Nacional de Inteligência da CIA elogia iniciativa do Brasil e da Turquia.

Brasil e Turquia decidiram fazer um contrapeso aos 30 anos de tolice americana na relação com Teerã

Graham E. Fuller
Se Washington acredita que agora enfrenta complicações para obter a aprovação de sanções contra o Irã no Conselho de Segurança das ONU, essa não é nem a metade do problema. Muito mais importante do que isso é a sutil mudança nas relações internacionais introduzida pelos gestos de Brasil e Turquia. (...) Além de inteiramente independente, a iniciativa avançou mesmo diante dos alertas consideravelmente grosseiros feitos pelos americanos, que pediam aos países o abandono das tentativas de negociação – apesar de seus termos serem muito semelhantes aos da proposta feita ao Irã pelos EUA no ano passado. Para piorar, o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e o premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, ousaram obter sucesso em suas negociações com o Irã, enquanto Washington previa publicamente seu fracasso certo (e tão esperado). (...) São importantes não apenas os termos do acordo, mas também seus mensageiros e o clima político no qual ele é celebrado. (...) Após o sucesso obtido por Lula e Erdogan, a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, proclamou imediatamente seu sucesso na consolidação do apoio de Pequim e Moscou a sanções mais rigorosas contra o Irã – uma resposta surpreendentemente insultante aos notáveis resultados das negociações promovidas por brasileiros e turcos. Afinal, estes países são extremamente importantes para os interesses regionais e globais dos EUA. Esnobá-los desta forma foi um imenso erro. (...) Será que o mundo não deveria dar as boas-vindas aos gestos de dois países importantes, responsáveis, democráticos e racionais que decidiram intervir e estabelecer um contrapeso para décadas de tolice na política externa americana?

A íntegra.

Nossa Hillary Clinton mostra a cara

Serra acusa governo da Bolívia de ser cúmplice de traficantes
Sem apresentar qualquer prova, o pré-candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, acusou nesta quarta-feira o governo de Evo Morales de ser cúmplice de traficantes do Rio de Janeiro. “Você acha que a Bolívia iria exportar 90% da cocaína consumida no Brasil sem que o governo de lá fosse cúmplice? Impossível. O governo boliviano é cúmplice disto", afirmou Serra durante entrevista na rádio Globo.

Íntegra na Agência Carta Maior.

Escolas devem informar dados para o Censo Escolar

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil
Brasília - A partir de hoje (26/5/10), escolas de educação infantil, ensino fundamental e médio, públicas e privadas, devem acessar, via internet, Sistema Educacenso, que irá coletar os dados para o Censo Escolar da Educação Básica de 2010. A escola terá que fornecer informações sobre alunos, professores, turmas e infraestrutura do estabelecimento de ensino até 31 de agosto. Antes a escola informava apenas o número total de alunos o que tornava as informações imprecisas.
A íntegra da matéria:

Minas lidera desmatamento

Relatório sobre o desflorestamento da mata atlântica mostra quais os estados que mais degradam o bioma no país
A sexta edição do "Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica" revelou que, de 2008 até maio de 2010, dos nove estados analisados, os que possuem desflorestamento mais crítico são Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, que perderam 12.524, 2.699 e 2.149 hectares, respectivamente. O atlas foi divulgado hoje pela Fundação SOS Mata Atlântica em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), compreendendo a análise de 94.912.769 hectares. Aos números do desflorestamentos dos estados já citados somam-se outros 1.897 hectares no Rio Grande do Sul, 743 em São Paulo, 315 no Rio de Janeiro, 161 em Goiás, 160 no Espírito Santo e 154 no Mato Grosso do Sul, totalizando 20.867 hectares de floresta nativa cortada.

Fifa, my name is money

Esse ministro é do PCdoB, mas se fosse tucano ninguém ia estranhar.

Fifa e parceiros não pagarão impostos federais para organizar a Copa de 2014
Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O Brasil deve arrecadar cerca de R$ 10 bilhões em impostos federais com a Copa do Mundo de Futebol em 2014, afirmou há pouco o ministro do Esporte, Orlando Silva, após apresentar os projetos de lei que concedem isenções tributárias à Federação Internacional de Futebol (Fifa) e a parceiros na organização do evento. A renúncia fiscal, segundo estimativa do ministro, deve ficar em torno de R$ 900 milhões. “Fizemos um estudo de impacto econômico da Copa do Mundo no Brasil e, levando em conta investimentos diretos, circulação de recursos e a ativação de cadeias produtivas que serão envolvidas, como a da construção civil e a do turismo, pode haver uma arrecadação perto de R$ 10 bilhões em impostos federais. Do ponto de vista econômico, é um belo investimento para o país, não só pelo ganho que terá de imagem, mas pelo ganho real dos impostos que serão arrecadados por todo esse processo”, disse o ministro.

Twitter prepara versão em português

O Twitter, sítio de microblogs mais popular da internet, já trabalha em uma versão para o português. De acordo com a companhia, o Brasil é um dos países estratégicos, embora inglês e japonês sejam os dois idiomas mais escritos na plataforma. O brasileiro é um dos povos mais ativos no Twitter, confirmou Jenna Dawn, porta-voz do sítio americano. Segundo a consultoria britânica comScore, há 5,945 milhões de usuários no país, cerca de 1,5 milhão de pessoas a mais que em todo o resto da América Latina, onde 4,498 milhões acessam o Twitter.
Matéria do jornal O Globo.

Brasileiro produz tanto lixo quanto europeu

O brasileiro já produz a mesma quantidade de lixo que um europeu. A melhoria do poder de compra dos brasileiros está fazendo com que a população do País produza cada vez mais lixo inorgânico, como embalagens, ao mesmo tempo em que a implantação de programas de coleta seletiva e os níveis de reciclagem não crescem na mesma medida. Os dados fazem parte do estudo Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2009, que será divulgado hoje, no Rio de Janeiro.
Matéria da Agência Estado.

Blog de Chávez tem mais de 48 mil visitas no primeiro dia

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil
Brasília – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou hoje (26) que do seu blog (www.chavez.org.ve website) foram registradas 48 927 visitas de venezuelanos e de outros países. O blog foi lançado ontem (25), segundo o presidente para proteger os seguidores que o acompanhavam no Twitter. As informações são da imprensa oficial da Venezuela, Agência Bolivariana de Notícias (ABN).
Íntegra da matéria.

Lula é inspiração para esquerda democrática

O primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, vê o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, como “um dos grandes nomes da esquerda mundial”. Em entrevista exclusiva à BBC Brasil antes de embarcar para uma visita de três dias ao Brasil, Sócrates afirmou que o presidente tem um capital político que não deve ser desperdiçado e que Lula poderia ocupar qualquer posição de relevo na cena internacional.

Greve combinada no Facebook

Milhares de estudantes do ensino médio da Argentina se uniram à convocatória para faltar à aula nacionalmente hoje (26/5/10). Tudo via Facebook. O Facebook tinha 200 milhões de usuários no final de março passado e adesão de um milhão por semana. É a maior comunidade online do mundo.
Matéria do IHU Notícias.

Candidato verde a presidente da Colômbia é neoliberal

Enquanto a direita diz que Antanas Mockus não tem capacidade de liderar um país em guerra, a esquerda colombiana classifica o candidato verde como neoliberal. Mockus é alvo de críticas por defender a manutenção das políticas econômicas do atual governo, como um acordo de livre comércio com os Estados Unidos, e por não defender o desmonte do atual sistema público de saúde, que depende de operadores privados. Ao contrário de Gustavo Petro, o candidato esquerdista do Polo Democrático, Mockus não promete grandes aumentos nos investimentos públicos, afirmando que sua primeira preocupação é evitar a evasão fiscal.
Matéria do Opera Mundi.
Entrevista com Antanas Mockus.

Horários dos bancos durante a Copa do Mundo

Com autorização do Banco Central, bancos funcionarão em horário especial em dia de jogo do Brasil pela Copa do Mundo da África do Sul.

Brasil X Coreia do Norte
- 15 de junho, terça-feira, às 15h30 (horário de Brasília)
Interior: das 8h às 14h (horário de Brasília)
Capitais e regiões metropolitanas: das 8h às 14h (horário de Brasília)

Brasil X Costa do Marfim
- 20 de junho, domingo, às 15h30 (horário de Brasília)
Não haverá expediente bancário

Brasil X Portugal
- 25 de junho, sexta-feira, às 11h (horário de Brasília)
Interior: das 8h às 10h30 e das 13h30 às 15h30 (horário de Brasília)
Capitais e regiões metropolitanas: das 8h às 10h30 e das 14h às 16h (horário de Brasília)

Nas fases seguintes:
Partida marcada para as 11h:
Interior: das 8h às 10h30 e das 13h30 às 15h30
Capitais e regiões metropolitanas: das 8h às 10h30 e das 14h às 16h
Partida marcada para as 15h30:
Interior, capitais e regiões metropolitanas: das 8h às 14h

Matéria da Agência Brasil:

A conta do aquecimento

Nas próximas quatro décadas o Nordeste poderá deixar de ser uma área semi-árida para se tornar uma área árida, caminhando para uma desertificação completa. O país sofrerá perdas econômicas próximas de 2,3% do PIB (R$ 3,6 trilhões); na agricultura, serão R$ 7,5 bilhões em 2020, evoluindo anualmente até chegar a R$ 10,7 bilhões em 2050. São os impactos da mudança do clima, segundo o estudo “Impactos da mudança do clima na produção agrícola”, realizado por pesquisadores da Unicamp e da Embrapa, parte de uma pesquisa iniciada no país a pedido da Embaixada Britânica no Brasil.

Matéria de Isabel Gardenal publicada pelo Jornal da Unicamp e reproduzida no IHU Notícias.

Crise da zona do euro

A análise de conjuntura do IHU On-line, de 11 a 26/5/10.

Prolongamento da grande crise que se iniciou em agosto de 2007, a crise da zona do Euro, desatada pelos acontecimentos na Grécia, recolocou na agenda mundial o embate sobre a regulação versus livre mercado. O choque de fundo que se manifesta na zona do euro é essencialmente sobre a forma de organizar a economia e a sociedade – um embate entre os fundamentos do neoliberalismo e o Estado de bem-estar social – o "modelo social europeu". Novamente, o capitalismo financeiro emerge como o grande protagonista da crise e é em nome dele que se exigem enormes sacrifícios.

Degradação ambiental na sociedade do risco. Até onde podemos ir?

Entrevista com o historiador Carlos Machado de Freitas.

IHU On-Line – O senhor tem analisado a questão dos riscos aplicados aos problemas ambientais. Que tipo de riscos estão presentes nesse cenário atual?

Carlos Machado – Os problemas ambientais apontam para os processos de degradação que vêm atingindo os sistemas de suporte à vida, como os ciclos das águas, do clima e dos solos, o fornecimento de alimentos e de água, a disponibilidade de recursos naturais fundamentais a nossa vida. Há melhoria da qualidade de vida (quanto mais consumo, melhor a qualidade de vida) e ao mesmo tempo a piora dos indicadores ambientais (quanto mais consumo, mais recursos naturais são utilizados ou degradados). E isto também se acopla ao crescimento, tanto da população como ao consumo per capita, que também cresceu ao longo do século XX, ao mesmo tempo acompanhado de grandes desigualdades: o consumo médio de um cidadão de um país rico pode ser até 40 vezes maior do que de um cidadão de um país pobre.

Fundação SOS Mata Atlântica e Inpe divulgam dados sobre desmatamento

educartis on livestream.com. Broadcast Live Free

Mulher no poder vira homem?

A nova dama de ferro continua brandindo o chicote verbal: quando não é contra o Irã, é contra a Coreia.

Hillary quer resposta 'dura' à Coreia do Norte
A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse que o afundamento de um navio de guerra sul-coreano em março exige uma resposta dura da comunidade internacional. Ela responsabiliza a Coreia do Norte pelo incidente, que resultou na morte de 46 marinheiros. Em pronunciamento nesta quarta-feira em Seul, capital da Coreia do Sul, Hillary disse que havia provas "esmagadoras" de que a Coreia do Norte afundou o navio Cheonan com um torpedo e exortou Pyongyang a suspender sua "política beligerante". "Foi uma provocação inaceitável da Coreia do Norte e a comunidade internacional tem responsabilidade e dever de responder", disse. Hillary chegou à Coreia do Sul depois que a Coreia do Norte cortou relações com o país e baniu os navios sul-coreanos de suas águas territoriais, em resposta à acusação e às sanções anunciadas por Seul.

Congresso recebe apoio para confisco de terra com trabalho escravo

Mais uma lei atrasada em mais de um século. Devia ter sido aprovada em 1888.

Gilberto Costa
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), recebe hoje (26/5/10) um abaixo-assinado em favor da aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) 438/2001, que prevê o confisco de terras onde houver trabalho escravo. De acordo com a proposta já aprovada em dois turnos no Senado (2003) e em primeiro turno na Câmara dos Deputados (2004), a terra onde se verifique a atividade ilegal será expropriada, como já prevê a Constituição Federal para o caso de propriedades com plantações de psicotrópicos como a maconha. (...) Este ano a fiscalização do Ministério do Trabalho já resgatou 653 trabalhadores; no ano passado, 3.769. Desde 1995, quando tiveram início as operações do grupo móvel de fiscalização do minitério, mais de 36 mil trabalhadores foram resgatados. Segundo o ministério, quatro de dez autuações são em fazendas de pecuária.
A íntegra:

A solução neoliberal da crise: governo corta despesas em serviços essenciais

O governo anunciou na segunda feira dez medidas para cortar 50 milhões de euros na despesa do Serviço Nacional de Saúde, afirmando que se trata de conseguir "uma gestão mais eficiente". Em Portugal.

Cortes cegos na saúde
Os deputados de oposição foram unânimes em considerar, na Comissão Parlamentar de Saúde, que o governo está a promover "cortes cegos" no Serviço Nacional de Saúde, com um plano de redução de despesas que vai afectar a qualidade dos cuidados prestados aos utentes. João Semedo, do Bloco de Esquerda, acusou o Ministério da Saúde de estar a comportar-se "como a madrasta dos hospitais", afirmando ser "absolutamente desnecessário cortar no que é essencial: os recursos humanos". "Já andaram a prometer tanta poupança... com tanta poupança escusavam de poupar no que faz mais falta", sublinhou.

A abelha e o economista

Em francês.
Estamos passando de uma economia de troca e de produção para uma economia de polinização e contribuição. Daí o título: "A abelha e o economista". As abelhas fazem mais do que produzir mel, elas polinizam, ou seja, transmitem, gratuitamente, a vida. A metáfora ecológica ajuda Yann Boutang Moulier a explorar uma nova base para uma economia cujo modelo dominante está amplamente desacreditado e moribundo.

Lei torna biblioteca obrigatória nas escolas... no prazo de dez anos

Toda instituição de ensino do Brasil, pública ou privada, terá que ter uma biblioteca com pelo menos um título por aluno matriculado. A lei (Nº 12.244) foi sancionada ontem (25/5/10) pelo presidente Lula e prevê a universalização das bibliotecas nas escolas brasileiras, num prazo máximo de 10 anos.
Do Blog do Planalto.
O prazo é absurdo, daqui a dez anos que tecnologia para leitura e pesquisa teremos? Mais absurda ainda é a própria necessidade da lei: tem escola que não tem biblioteca? A lei vem com cem anos de atraso.

Música para começar o dia


Música de Burt Bacharach, letra de Hal David, da trilha de Horizonte Perdido. Em 1973, o filme parecia ridículo, mas em 2010 parece profético (sem perder a pieguice de cenas como esta: a mesma ideia - dos rituais da vida - pode ser passada de forma mais bonita). A humanidade será obrigada a parar o tempo e criar uma civilização com novos valores. O principal é que a melodia de Bacharach, em toda a trilha sonora, continua linda. Ele é um gênio subavaliado. Suas canções ligeiras, como Never fall in love again, I say a little prayer, Close to you, entre outras, são eternamente agradáveis de se ouvir.

O momento neoliberal do capitalismo terminou

Entrevista do economista Luiz Gonzaga Belluzzo ao IHU On-line:

Esse capitalismo dos últimos trinta anos, sobretudo desde a desfiguração do estado do bem-estar na Europa e do avanço do projeto neoliberal, é um modelo que terminou. Talvez as forças que o sustentam vão tentar mantê-lo ainda na UTI, mas ele não vai conseguir sobreviver, pois não tem viabilidade, não há compatibilidade com as promessas de vida boa e decente para todos os cidadãos, portanto, de manutenção e garantia dos direitos de cidadania, que foram conquistados a ferro e fogo nos anos 20, 30 e 40, depois de duas guerras mundiais.

A íntegra:

Lixeiros de madrugada

Já tinham me falado disso, mas eu ainda não conhecia por experiência própria. A prefeitura nos avisou, num folheto, que aconteceria (é assim que pensam que funcionam a "comunicação" e a "democracia": o povo é "avisado" do que os poderosos eleitos fazem): nossos amigos lixeiros agora nos acordam à meia noite e meia, quando passam gritando, com seu caminhão barulhento. Deve ser o tal do progresso da cidade grande.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Grandezas e limites da ecologia

"A racionalidade limitada do mercado capitalista, com seu cálculo imediatista das perdas e lucros, é intrinsecamente contraditória com uma racionalidade ecológica, que leve em conta a temporalidade longa dos ciclos naturais."

Michael Löwy explica o ecossocialismo:

O raciocínio ecossocialista se apoia em dois argumentos essenciais:
1) o modo de produção e consumo atual dos países capitalistas avançados, fundado sobre uma lógica de acumulação ilimitada (do capital, dos lucros, das mercadorias), desperdício de recursos, consumo ostentatório e destruição acelerada do meio ambiente, não pode de forma alguma ser estendido para o conjunto do planeta, sob pena de uma crise ecológica maior. Segundo cálculos recentes, se o consumo médio de energia dos EUA fosse generalizado para o conjunto da população mundial, as reservas conhecidas de petróleo seriam esgotadas em 19 dias. Esse sistema está, portanto, necessariamente fundado na manutenção e agravamento da desigualdade entre o Norte e o Sul;
2) de qualquer maneira, a continuidade do “progresso” capitalista e a expansão da civilização fundada na economia de mercado – até mesmo sob esta forma brutalmente desigual – ameaça diretamente, a médio prazo (toda previsão seria arriscada), a própria sobrevivência da espécie humana, em especial por causa das consequências catastróficas da mudança climática.

A íntegra do artigo, publicado na revista Margem Esquerda, está no IHU Notícias.

Juiz espanhol punido por investigar crimes do franquismo vai atuar no Tribunal Penal Internacional

Garzón vai assessorar Tribunal Penal Internacional
O juiz espanhol punido por buscar a verdade dos crimes do franquismo está de mudança para Haia. Assessorará Luís Moreno Ocampo, procurador que atuou no julgamento das Juntas Militares da Argentina, em 1985, e atual procurador no Tribunal Penal Internacional. Em diálogo com o Página12, Moreno Ocampo explicou por que há dois tipos de vítimas: os torturados e assassinados e as famílias que não podem saber toda a verdade do que aconteceu.
Martín Granovsky - Página 12, via Agência Carta Maior.

TV Brasil agora é internacional, mas não pode ser vista por quem assina a NET em BH

Do Blog do Planalto.
TV Brasil Internacional: a cara do Brasil no exterior
O início das transmissões dos programas da TV Brasil para o exterior é mais um passo para provar que é possível fazer uma TV pública de qualidade e republicana, “que não seja nem ‘chapa branca’ mas que também não seja oposição a priori”, afirmou Lula no lançamento da TV Brasil Internacional. “Nós queremos uma TV pública que possa mostrar o Brasil lá fora como ele é.”

OBS (em 31/8/10): A TV Brasil pode ser vista em BH por quem assina a Net e usa equipamento digital.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

James Brown no T.A.M.I. Show, 1964

O verdadeiro Michael Jackson.

Obras de Freud em edições de bolso

A L&PM começou a publicação em edições de bolso das obras de Sigmund Freud. Os primeiros livros lançados foram O futuro de uma ilusão e Mal-estar na cultura, ao preço de R$14 e R$17, respectivamente. Os próximos volumes previstos são Totem e tabu e Interpretação dos sonhos. As novas traduções, feitas diretamente do alemão por Renato Zwick, se tornaram possíveis porque a obra do pai da psicanálise entrou em domínio público em janeiro deste ano.
http://www.lpm-editores.com.br/site/default.asp

Em Pernambuco, o exemplo de uma nova tevê pública

Laurindo Lalo Leal Filho
Atenção historiadores da TV brasileira: em Pernambuco escreve-se hoje uma página inédita dessa história. Pela primeira vez no Brasil uma TV pública está sendo reconstruída de baixo para cima. Trata-se da TV Pernambuco (...) A mudança já começou. O novo presidente da TV é o apresentador e produtor cultural Roger de Renor, que de burocrata não tem nada. Brincando, mas revelando o tipo de gestão que começa a ser feita, diz que os primeiros novos departamentos por ele inaugurados foram os "do bom dia, boa tarde, boa noite; o do por favor e o do muito obrigado". Pode haver coisa melhor, num meio marcado pelo egocentrismo e pelo autoritarismo? Na música Macô, o falecido Chico Science pergunta: "Cadê Roger, cadê Roger, cadê Roger, ô?" Se pudesse ouvir, diríamos ao Chico que agora ele está na TV Pernambuco e que até há alguns meses apresentava um excelente musical na TV Brasil chamado "Som na Rural", com estúdio móvel instalado numa antiga Rural Willys.
A íntegra na Agência Carta Maior.

domingo, 23 de maio de 2010

Impressões da Bienal do Livro 2

É o espírito do capitalismo, como diz o título do livro do Max Weber que eu vi num estande. Quem participou da Bienal do Livro de Minas 2010 estava lá para ganhar dinheiro. A começar pelo estacionamento e pela entrada. Essa não é a única forma de se promover o livro e incentivar a leitura, é a forma capitalista, em que livro é uma mercadoria qualquer e promovê-la é aumentar o consumo, a venda e o lucro.
Há outras formas. A Bienal poderia ter, por exemplo, uma grande área destinada à leitura, principalmente para crianças. Digamos que toda editora poderia doar alguns exemplares que seriam lidos ou folheados ou simplesmente vistos pelas crianças. Os autores poderiam apresentar seus livros, contar suas histórias. Terminada a Bienal, os livros seriam doados a bibliotecas públicas. A Fundação Municipal de Cultura fez isso, timidamente, no seu ônibus. Quero dizer, ofereceu livros para leitura, sem que estivessem à venda, mas foi só; o interesse da Bienal era vender.
Mas o espírito da Bienal do Livro de Minas 2010 é outro, é ganhar dinheiro. E nele o interesse dos organizadores entra em conflito com o interesse das editoras e autores, uma vez que ingresso e estacionamento consomem dinheiro que seria gasto em livros. O lucro dos organizadores, que também vendem os estandes e, portanto, já ganham das editoras, está garantido, enquanto os livreiros têm que ir à luta e já começam com um prejuízo a ser coberto: o investimento que fizeram. Deve ser por isso que muitos não dão desconto, como se espera numa ocasião assim.
Convenhamos: R$ 15 pelo estacionamento é um roubo. Deve ser uma importante fonte de renda do Expominas. E o ingresso? R$ 10, sem direito a nada! Ingresso para quê? Para poder comprar? Como é que o Estado pode ser contra a consumação nos bares, se cobra ingresso na Bienal do Livro? E até de criança! É o fim da picada.
Segundo os organizadores, nos primeiros três dias o evento atraiu 50 mil pessoas, o que renderia R$ 500 mil. É claro que o valor não é este, porque tem meia entrada e gente que não paga; de qualquer forma, a fila das bilheterias era grande, ontem.
Os R$ 45 que uma família com duas crianças paga para entrar e estacionar daria para comprar pelo menos um bom livro, se o interesse da Bienal fosse promover a venda de livros. Uma editora me contou que na Bienal de São Paulo a compra de livros é descontada no estacionamento. Já significa alguma coisa. E a entrada poderia ser um vale livro.

Impressões da Bienal do Livro de Minas 2010

Uma feira, mais que um encontro em que o livro seja o protagonista. O livro como mercadoria, não como conteúdo. Não um lugar para autores, para quem gosta de ler. Autores sim, autores celebridades: jornalistas da Copa do Mundo. Não um encontro das editoras com autores, exceto pela Usina de Letras, do Rio, que levou autores novos para promover seus livros e oferecia seus serviços de parceria: "Publique seu livro!" Evento, como tantos que acontecem no Expominas, uma reivindicação dos empresários mineiros para fazerem contatos e venderem seus produtos. Alguns descontos, mas nem valia como oportunidade para quem queria comprar livros com desconto, porque não encontrava os livros que procurava. Bancas de livros infantis de má qualidade a preços populares. Um grande estande exclusivo de quadrinhos, com destaque para os mangás, os quadrinhos japoneses, que eu nem sabia que existiam em tal quantidade no Brasil. Está explicado por que Maurício de Souza aderiu ao estilo mangá. Lotado. A meninada continua gostando de quadrinhos. A livraria (Comix) é de São Paulo, não existe similar em BH, que eu conheça. A Companhia das Letras, entre outras editoras de qualidade, não oferecia descontos. As editoras das universidades ofereciam. Muita gente, povão. Praça de alimentação, estilo shopping. Como é que tanta gente fica sabendo da Bienal? Rede Globo, Estado de Minas... "parceiros" do evento. Escolas: ônibus de estudantes. Por que tanta gente interessada em livro? Na Bienal do Livro Minas 2010 percebe-se a presença dessa nova personagem na sociedade brasileira: a nova classe média, que ascendeu de D para C e quer participar da festa, quer consumir tudo, inclusive livros. Pergunto: a indústria editorial está compreendendo a entrada desse segmento no mercado? Por que não se produzem livros de qualidade a preço popular no Brasil? Tinha lá a LPM, que se dedica a livros de bolso, tinha a Expressão Popular, que publica livros a R$ 10, mas em geral, baratos, só livrinhos infantis de má qualidade.

sábado, 22 de maio de 2010

"Depois de ter morado no Irã, não acredito em mais nada do que diz a grande mídia"

Interessante relato de uma escritora que morou no Irã.

O Irã que eu conheci
Por Sônia Bonzi

Depois de ter morado no Irã, minha maneira de ver o mundo mudou bastante. Não acredito em mais nada do que diz a grande mídia. Quando soube que ia morar em Teerã senti um certo medo, mas aceitei o desafio. Comecei uma busca voraz por informações sobre o país, a cidade, a história, o povo. Depois de tudo que li, decidi que viveria em casa, reclusa, lendo, escrevendo, fazendo crochê, inventando moda... Parti de Londres pronta para o sacrifício. Teria que conviver com os xiitas radicais, terroristas cruéis, apedrejadores de mulheres, exterminadores de homossexuais, homens-bomba, mulheres oprimidas, cobertas com véus... Eu estava submetida às leis locais e me seria vedado mostrar cabelos, pernas e braços. Ficar em casa era o que mais me atraía. Vestir um chador para sair me parecia um pouco demais. A caminho de Teerã eu depositava o sucesso da minha estada nos jardins da casa onde fui morar. Ter aquele espaço me bastaria. Logo ao sair do aeroporto comecei a ter uma imagem diferente de tudo aquilo que eu tinha lido. Tudo tão bonito, belas estradas, muita luz, viadutos com mosaicos, jardins bem cuidados, gente vendendo flores nos sinais, um engarrafamento sem buzinas, pedestres poderosos cruzando entre os carros, rapaziada de cabelo espetado, mocinhos com camisetas apertadinhas, moças lindas, superproduzidas e também muitas mulheres de chador. Parques cheios de gente. Muita criança. Muito piquenique. Dizem que a primeira impressão é a que vale. Gostei da chegada. Não tive medo. Não vi tanques, cadafalsos, escoltas armadas... Gostei das caras, das montanhas, das casas, das árvores, dos muros, do alfabeto que me tornava analfabeta. Logo no segundo dia eu já tinha entendido que minha leitura sobre o cotidiano não tinha nada de realidade. Eu não precisava usar chador. Podia sair vestida com uma calça comprida, um camisão de mangas compridas e um lenço na cabeça. Senti-me nos anos 70, quando eu não dispensava um lencinho. Deixei o jardim de casa e fui conhecer Teerã.
A íntegra no NovaE:

sexta-feira, 21 de maio de 2010

O melhor de Jacob do Bandolim

Vacina contra o vírus Influenza H1N1 pode dar falso positivo em exame de HIV

Carolina Gonçalves
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro e Brasília – O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, tranquilizou as pessoas que se vacinaram contra a influenza A (H1N1) – gripe suína e tiveram, num período de 30 dias depois, diagnóstico positivo no teste de HIV. Segundo ele, embora raros, há casos de falsos positivos em diagnósticos de aids depois que o paciente tomou a vacina contra a nova gripe. “Toda a rede que faz o diagnóstico de aids está alerta para isso." Ele explicou que o falso resultado acontece porque a vacina contra a influenza A (H1N1) – gripe suína faz com que o organismo produza anticorpos que podem confundir o teste de diagnóstico do vírus da Aids.
Matéria da Agência Brasil.

Qual o próximo passo da Avaaz?

Depois da vitoriosa campanha pela aprovação da Ficha Limpa, a Avaaz pergunta o que deve fazer para melhorar o Brasil e o mundo. É o maior movimento online do planeta, com mais de 5 milhões de membros em todos os países.

Ibama flagra desmatamento ilegal no Pará

Alex Rodrigues
Brasília - O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) interrompeu esta semana o desmatamento ilegal em 11 áreas de florestas na Amazônia. Em nota divulgada hoje (21/5/10), o órgão informou que seus fiscais constataram a destruição de cerca de 2 mil hectares de matas preservadas quando sobrevoavam as cidades de Monte Alegre, Almeirim e Prainha, no noroeste do Pará. A área desmatada corresponde a 200 campos de futebol. Os três municípios paraenses aparecem entre os que mais desmatam a Amazônia Legal. As áreas foram identificadas pelo Sistema de Detecção de Desmatamentos em Tempo Real (Deter), um programa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que monitora a Amazônia Legal.
Matéria da Agência Brasil.

Banco Central lança moeda da Copa para colecionadores















É de prata, vale R$ 5 (valor de face) e será comercializada no Brasil e no exterior por R$ 108. A tiragem é de 25 mil unidades.
Matéria do portal iG.

Brasil é o maior consumidor mundial de agrotóxicos

Em 2009, o mercado nacional desses venenos movimentou US$ 7,1 bilhões, superando os EUA, que gastaram US$ 6,6 bilhões. Anualmente, 720 milhões de litros são despejados nos alimentos que vamos comer, o que dá mais de 4 litros por habitante. Ao participar da 9ª Jornada de Agroecologia, em Francisco Beltrão (PR), o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, disse que estão em disputa no país duas propostas, a do agronegócio e a da agroecologia. Ele anunciou que a Via Campesina vai realizar, em julho, um seminário nacional com representantes dos movimentos sociais, do governo, de uma rede de estudos de toxicologia, de hospitais, do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e de cientistas com o objetivo de organizar uma campanha contra o uso indiscriminado de agrotóxicos.
Matéria da Agência Brasil.

Amorim explica amanhã para Alemanha acordo com Irã

O mundo assiste a duas ofensivas diplomáticas: uma dos EUA, pelo confronto, e outra do Brasil e da Turquia, pela paz.

Luiz Antônio Alves
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, conversará amanhã (22/5/10) com os representantes da Alemanha no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), dando continuidade à série de contatos feitos nos últimos dias para explicar a posição do Brasil e da Turquia sobre o acordo assinado em Teerã no início desta semana. O ministro disse na tarde de hoje (21), no Itamaraty, acreditar que todos os países estão interessados na paz e numa solução negociada. "É claro que alguns assumiram compromissos prévios com determinado curso de ação", disse, referindo-se aos países que, um dia depois do anúncio do acordo em Teerã, aprovaram o esboço de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU propondo novas sanções ao Irã.
Íntegra da matéria.

Estado leva alimentação orgânica saudável para alunos da rede pública

Rio realiza 6ª Semana de Alimentos Orgânicos
Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Um evento de gastronomia voltado para alunos da rede pública de ensino carioca será o diferencial da 6ª Semana dos Alimentos Orgânicos, que o Ministério da Agricultura e a Comissão da Produção Orgânica do Rio (CPOrg/RJ) promovem na próxima terça-feira (25), no Instituto de Nutrição Anne Dias, no Rio. A ideia é reunir estudantes e chefes que já trabalham com alimentos saudáveis para “inserir esse conceito para eles”.

Programa federal investe na alimentação escolar saudável
Promotores e gestores educacionais participaram hoje (21/5/10) do Encontro do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e o Ministério da Educação para debater os principais programas do MEC. A Coordenadora Técnica de Alimentação e Nutrição do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Eliene Ferreira de Sousa, apresentou as diretrizes e o funcionamento do programa.

Quem desmata: madeireiros, fazendeiros, ex-conselheiro de tribunal de contas, funcionário do tribunal...

PF prende 70 pessoas por fraudes em autorização para desmatamento e retirada ilegal de madeira
Alex Rodrigues
Repórter da Agência Brasil
Brasília - A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã de hoje (21/5/10), em caráter preventivo, cerca de 70 pessoas acusadas de participarem de um esquema que fraudava autorizações de desmatamento e de retirada ilegal de madeira de áreas públicas e de proteção ambiental. O grupo também forjava a documentação necessária para que serrarias e madeireiras envolvidas no golpe pudessem transportar, processar e comercializar os produtos florestais ilegais. Além de madeireiros e proprietários rurais, foram presos o ex-conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso Ubiratan Spinelli, que deixou o tribunal em dezembro de 2007, e seu filho, Rodrigo Spinelli.

Economista passa 18 meses vivendo sem dinheiro e diz que nunca foi tão feliz

História interessante e emblemática dos dias atuais.

Um economista britânico que passou os últimos 18 meses vivendo sem dinheiro está lançando um livro em junho contando a sua experiência (
The Moneyless Man, ou O Homem Sem Dinheiro, em tradução livre) e diz que nunca foi tão feliz ou tão saudável. Mark Boyle começou seu experimento em novembro de 2008, aos 29 anos, com o objetivo de chamar a atenção para o excesso de consumo e desperdício na sociedade ocidental. Mudou-se para um trailer que ganhou de graça no sítio de trocas britânico Freecycle e passou a trabalhar três dias por semana em uma fazenda local em troca de um lugar para estacionar o trailer e um pedaço de terra para plantio de subsistência. Dezoito meses depois ele afirma que não pensa em voltar a usar dinheiro e que, com o que ganhar com a venda do livro, pretende comprar um pedaço de terra para montar uma comunidade em que outras pessoas que queiram viver sem dinheiro, como ele, possam morar. "Não vejo nenhum motivo para voltar a um mundo orientado pelo dinheiro”.
A matéria da BBC Brasil.
O blog do freeconomist:

Obama fala sobre a reforma do sistema financeiro, um rato aparece e rouba a cena: só pode ser simbólico

Secretário-geral da ONU elogia acordo nuclear com Irã e diz que Aiea deve dar seu parecer

Já era tempo. Matéria da BBC Brasil.

Acordo com Irã abre caminho para saída diplomática, diz Ban Ki-moon
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta sexta-feira que espera que o acordo aprovado pelo Irã com mediação do Brasil e da Turquia possa abrir caminho para que seja resolvida, por meios diplomáticos, a polêmica sobre o programa nuclear do país persa.
Em um discurso em Istambul, Ban disse que a iniciativa foi importante “para resolver as tensões internacionais”. “Já mencionei o bem-vindo papel da Turquia, trabalhando juntamente com o Brasil, em relação ao Irã”, ressaltou. "Esperamos que esta e outras iniciativas abram caminho para uma solução negociada." Ban disse que a Agência Internacional de Energia Atômica, um órgão da ONU, deve agora dar seu parecer sobre o acordo.

Irã enviará detalhes sobre o acordo de troca de urânio à agência de energia atômica até domingo

Por enquanto, o acordo não tem furo.

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, informou que vai enviar até domingo (23/5/10) as explicações sobre o acordo a respeito da troca de urânio para a Agência Internacional de Energia Atômica (Aeia). A decisão foi confirmada, hoje (21/5/10), pelo Supremo Conselho de Segurança Nacional do Irã. O sexto item do acordo determina que todos os detalhes deveriam ser transmitidos à agência em um prazo de uma semana depois de firmado o documento, que foi fechado no dia 17. As informações são da agência oficial de notícias do Irã, a Irna.
A íntegra:

Brasil aprova resolução em defesa dos genéricos na ONU

Daniella Jinkings
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O Brasil conseguiu aprovar uma resolução em defesa dos medicamentos genéricos na 63ª Assembleia Mundial de Saúde, realizada em Genebra, na Suíça. A decisão determina que os países membros da Organização Mundial de Saúde (OMS) formem um grupo de trabalho para discutir os mecanismos que protegerão a circulação de genéricos no mundo. Recentemente, um carregamento de genéricos comprados pelo Brasil foi apreendido pela União Europeia. Segundo dados do Ministério da Saúde, o mercado de genéricos triplicou no país entre 2002 e 2009, passando de 5,8% da comercialização de medicamentos para 19,2%. O total de vendas passou de R$ 588 milhões para R$ 4,8 bilhões.
Íntegra da matéria:

Um mês depois, o desastre ambiental no Golfo do México continua

Matéria da BBC Brasil faz balanço do desastre ambiental provocado pela explosão de uma plataforma de petróleo da empresa britânica BP no Golfo do México. No começo falava-se em 5 mil litros de óleo jorrados por dia, um mês depois há quem fale em 95 mil. O petróleo continua vazando a cerca de 1,6 mil metros de profundidade, e a mancha de quase 20 quilômetros de largura já pode ter entrado na corrente circular do Golfo do México, o que levaria óleo ao litoral de Cuba, da Flórida e até a Costa Leste dos Estados Unidos. 11 trabalhadores morreram na explosão.

Ebony and Ivory, Paul McCartney e Stevie Wonder

A crise, o euro, a União Europeia, os blocos econômicos e as economias nacionais

Um interessante artigo da BBC Brasil.

Rogério Simões
O presidente da França, Nicolas Sarkozy, teve de sair em defesa da moeda única europeia durante entrevista coletiva em Paris, ao lado do primeiro-ministro britânico, David Cameron. "O euro é um sucesso", disse Sarkozy, lembrando que pouco depois de ser criado o euro tornou-se a segunda mais importante moeda do mundo, atrás apenas do dólar americano. Cameron, um premiê conservador que prometeu antes das eleições nunca adotar o euro, parecia bastante aliviado por seu país ter mantido sua moeda nacional.

Plebiscito sobre reforma política

Se vem de Raul Jungman e do PPS, a gente desconfia, mas é interessante.

Jungmann entrega assinaturas para que plebiscito sobre reforma política ocorra junto com eleições
Priscilla Mazenotti
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) entregou à Secretaria-Geral da Mesa Diretora o requerimento de urgência, com 280 assinaturas, para o plebiscito sobre a reforma política. Com a urgência constitucional, o deputado espera aprovar rapidamente o projeto que prevê que o plebiscito ocorra junto com as eleições de outubro. “É um número absolutamente expressivo. Todos os partidos estão aqui representados.” Ontem, ele protocolou projeto de decreto legislativo com o pedido. A pergunta será: “Você quer que o novo Congresso Nacional faça a reforma política?”

Depois da ovelha Dolly, Cíntia, a coisa

Cientistas americanos criaram a primeira forma de vida artificial. Os pais são computadores, mas ela pode se reproduzir.

“Europa, junta-te a nós!”

De uma enorme faixa colocada na Acrópole, o edifício histórico no centro de Atenas.
http://www.esquerda.net/content/view/16449/26/

A revolta grega contra a solução neoliberal à crise põe em xeque a União Europeia

O noticiário da "grande" imprensa passa a impressão de que a Grécia gastou mais do que podia e agora tem uma grande dívida, por isso precisa fazer sacrifícios e se ajustar, seguindo o receituário do FMI. Não é bem assim, mostra esta entrevista do filósofo grego Stathis Kouvélakis. A revolta grega põe em xeque a organização da União Europeia. Ontem houve greve geral e manifestação que reuniu 20 mil pessoas. A principal palavra de ordem das manifestação foi: "Ladrões!" Os trabalhadores não querem pagar a conta dos banqueiros. O "plano de austeridade" vai aumentar o desemprego, que já está em 12%.

Lula em Portugal, sobre a crise: por que esperam quebrar?

"Não conheço nenhum economista que me explique por que a União Europeia demorou três meses para tratar a questão da Grécia, eu não consigo compreender por que deixaram o Lehman Brothers quebrar, que ficaria muito mais barato tentar encontrar uma saída enquanto ele estava funcionando, eu não consigo entender por que os países ricos não têm uma regulamentação do sistema financeiro mais dura como, por exemplo, no Brasil, onde o sistema financeiro não pode alavancar mais de dez vezes o seu patrimônio líquido."
Do Blog do Planalto.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Desmatamento na Amazônia cai para quase a metade

A taxa de desmatamento na Amazônia caiu em 42% este ano em comparação com o ano passado, de 12,9 mil quilômetros quadrados para 7,4 mil. A informação foi divulgada hoje (20/5/10) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) durante o 7º Seminário Técnico Científico de Análise dos Dados do Desmatamento da Amazônia.
Matéria da Agência Brasil.

Aumentou o uso de agrotóxicos no país

Lúcia Nórcio, enviada especial
Agência Brasil
O uso de agrotóxicos aumentou consideravelmente nos últimos anos no Brasil, alertou hoje (20/5/10) a gerente de Normatização e Avaliação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Letícia Silva, em palestra na 9ª Jornada de Agroecologia, no município de Francisco Beltrão (PR). Diversos produtos químicos usados nas lavouras e proibidos em outros países estão passando por reavaliação para verificar a possibilidade de comercialização. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) reivindica subsídios para agricultores que não usam agrotóxicos.
Íntegra da matéria.

Corte Interamericana de Direitos Humanos julga crimes da ditadura militar contra guerrilha do Araguaia

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) iniciou hoje (20/5/10) audiência pública sobre o caso Gomes Lund, ligado a violações no combate à guerrilha do Araguaia pelas Forças Armadas durante a ditadura, na primeira metade dos anos 1970. A audiência começou hoje, em San José (Costa Rica), sede da CIDH, com a declaração de familiares das vítimas, que, vestindo camisetas brancas com fotografias de seus parentes desaparecidos, narraram aos juízes tanto os fatos durante a ditadura, quanto os obstáculos que asseguram enfrentar durante anos na Justiça brasileira. O caso se refere a ações de repressão das Forças Armadas entre 1972 e 1975, nas margens do rio Araguaia, no Pará, com detenção, tortura, desaparecimento e execução de pelo menos 70 camponeses e membros do PCdoB. Só foram encontrados os corpos de quatro, graças à ação de parentes.
Da agência EFE via Último Segundo.

Procurador-geral da República defende aplicação do Ficha Limpa em 2010

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, defendeu hoje (20/5/10) que o projeto de lei da Ficha Limpa passe a vigorar já nas eleições de outubro. “A posição do Ministério Público será de exigir o cumprimento já a partir deste ano”, disse Gurgel. Apesar de declarar desconhecer os detalhes do projeto, Gurgel disse que o MP trabalhará pela aplicação imediata da lei porque sua aprovação é um “apelo da sociedade”.
A íntegra:

Mudança climática: oceanos estão esquentando

Oceanos esquentam constantemente, diz estudo
A camada superior dos oceanos tem se aquecido continuamente desde 1993, o que é um forte sinal do aquecimento global e um importante fator para a elevação do nível dos mares, segundo um novo estudo internacional. "O oceano é o maior reservatório de calor no sistema climático, então, conforme o planeta se aquece, estamos descobrindo que 80 a 90% do calor acrescentado acaba no oceano", disse Josh Willis, oceanógrafo da Nasa.
Matéria da Reuters via Último Segundo.

Gregos fazem passeata contra cortes nos salários e aumento de impostos















Milhares de grevistas gregos fizeram nesta quinta-feira (20/5/10) uma passeata até o Parlamento, protestando contra as medidas de austeridade fiscais exigidas pela União Europeia e pelo FMI para tirar a Grécia da sua crise fiscal. "Saiam, ladrões", gritavam os manifestantes em frente ao prédio neoclássico do Parlamento, cujas escadarias estavam tomadas por tropas de choque com escudos e cassetetes. Outros milhares de manifestantes, levando cartazes, ocupavam um amplo bulevar de mais de 1.500 metros, que desemboca na praça do Parlamento.

Foto AP.
Matéria da Reuters via Último Segundo.

O desastre no Golfo do México continua e pode atingir a Flórida

O Departamento de Estado americano informou que está conversando com autoridades de Cuba sobre os riscos do vazamento de petróleo no Golfo do México. As negociações demonstram o temor de que o petróleo possa ser levado por correntes para muito longe do local onde a plataforma Deepwater Horizon afundou, causando o vazamento. A Agência Espacial Europeia advertiu que o petróleo encontrou uma corrente marinha que pode levá-lo até o estado da Flórida, ameaçando a fauna local. Imagens liberadas pela petroleira britânica British Petroleum (BP), responsável pelo desastre, mostram petróleo e gás escapando em grandes quantidades do vazamento, no fundo do oceano, em uma erupção que lembra a de um gêiser. O vazamento vem liberando milhares de barris de petróleo diariamente na região desde que a plataforma pegou fogo e afundou na costa do estado da Louisiana, em 20 de abril, matando 11 trabalhadores.
Matéria da BBC Brasil.

CUT defende participação da sociedade nas decisões do Copom sobre juros

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – O representante da diretoria da Central Única dos Trabalhadores (CUT) Adeilson Telles questionou hoje (20/5/10) a composição do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central e sugeriu a inclusão de representantes de diversos segmentos sociais no órgão. “Por que uma dúzia de iluminados, dos quais a maioria de nós não sabe nem o nome, decide a taxa de juros?”, questionou, durante debate no Fórum Nacional, evento do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), no Rio de Janeiro.
Matéria da Agência Brasil.
O Copom tem cerca de vinte integrantes, que são o presidente, os diretores e chefes de departamento do Banco Central do Brasil, além do gerente-executivo de Relacionamento com Investidores, três consultores, o secretário-executivo da Diretoria, o assessor de imprensa e o assessor especial do banco.
http://www.bcb.gov.br/htms/copom/a-hist.asp

Brasil tem poucos funcionários públicos, mas gasta muito com eles

Estudo da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) com o Banco Mundial e o governo brasileiro derruba dois mitos: que o Brasil tem muitos funcionários públicos e que eles ganham mal. Acontece o contrário: o índice de funcionários públicos no Brasil (11% do total da força de trabalho) é a metade da média dos países desenvolvidos (22%), mas seu custo é alto (12% do PIB, igual à média dos países desenvolvidos). No governo FHC, o número de funcionários do governo federal caiu de 570 mil para 485 mil; no governo Lula aumentou para 540 mil, em 2008.
Matéria da BBC Brasil.
O relatório mostra também o envelhecimento do funcionalismo público brasileiro em relação ao mercado de trabalho; cerca de 40% dos servidores públicos federais têm mais de 50 anos e logo se aposentarão.
Matéria da Agência Brasil.

Assentamento de reforma agrária é referência internacional em agroecologia

Agricultores do Assentamento Contestado que adotam o modelo de horta mandala produzem mais variedades de alimentos em áreas menores, gastando o mínimo de energia e preservando ao máximo os nutrientes do solo. O trabalho foi apresentado aos 3 mil participantes da 9ª Jornada de Agroecologia, que acontece na cidade de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, até sábado (22/5/10). O assentamento localizado em Lapa (PR), distante 70 quilômetros de Curitiba, é sede da Escola Latino-Americana de Agroecologia (Elaa) e referência internacional em agroecologia.
Matéria da Agência Brasil.

"Israel está fazendo muito dinheiro com a ocupação da Palestina", diz economista israelense

Interessante entrevista ao Opera Mundi do economista israelense Shir Hever. Ele explica como funciona a economia dos territórios palestinos ocupados por Israel. As doações internacionais, por exemplo, passam pelo Banco Central de Israel e dão luco ao Estado judeu. Membro do Alternative Information Center, Hever vive em Jerusalém, a capital da ocupação.

Compositor de Zorba pegunta o que está acontecendo na Grécia

Grécia: um presságio de grandes catástrofes
Mikis Theodorakis*
Com o bom senso de que disponho, não consigo explicar e menos ainda justificar a rapidez com que o nosso país, a Grécia, caiu em relação ao nível de 2009, ao ponto de perdermos uma parte da nossa soberania nacional para o FMI e nos encontrarmos sob sua tutela. (...) Todo esse discurso sobre a solidariedade europeia não passa de poeira nos olhos para nos esconder o fato de se tratar claramente de uma iniciativa norte-americana que tem por objetivo nos mergulhar numa crise financeira largamente artificial, para que o nosso povo viva no medo, se torne ainda mais pobre, perca realizações e conquistas preciosas acabando finalmente de joelhos e aceite ser dominado por estrangeiros.(...) Se a minha análise está certa, então esta crise financeira que nos foi imposta não é mais que a primeira bebida amarga a tragar na deslumbrante festa que se vai seguir e que levará desta vez a pôr em causa questões nacionais tão vitais que nem quero imaginar aonde isto nos pode levar.
*Músico e compositor, reconhecido pela trilha sonora do filme Zorba, o Grego.
A íntegra no Opera Mundi.

Foguetório e buzinaço nas derrotas

O foguetório e o buzinaço, ontem e hoje, dão a parecer que um clube de Belo Horizonte venceu. Perdeu. Foi a mesma coisa na semana passada, quando o Atlético foi desclassificado da Copa do Brasil. Seria melhor se as duas grandes torcidas da cidade comemorassem vitórias dos seus times, em vez de derrotas do rival.

Fiscalização encontra trabalho degradante na construção civil

Por Bianca Pyl e Rodrigo Rocha
Um grupo de 40 migrantes da Região Nordeste arregimento pela Pontual Empreendimentos e Construção Ltda. par
a construção de condomínio residencial em Curitiba (PR) foi resgatado de trabalho degradante pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Paraná (SRTE/PR) e pela Procuradoria Regional do Trabalho da 9ª Região (PRT-9), no final de abril. As próprias vítimas denunciaram a situação, após a constatação de que promessas do empregador não vinham sendo cumpridas.
Matéria do Repórter Brasil.

Consórcio nega que usinas do Rio Madeira ameaçam índios isolados

A Santo Antônio Energia, consórcio liderado pela Odebrecht, Andrade Gutierrez e por Furnas, responsável pela construção da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira (RO), negou que a obra seja uma ameaça a comunidades indígenas isoladas que vivem próximas à região do empreendimento, conforme denunciou ontem (19/5/10) a organização não governamental britânica Survival. Reconheceu, no entanto, que o termo de compromisso entre o consórcio, a Funai e o grupo Energia Sustentável do Brasil – responsável pela construção de outra usina, a de Jirau – ainda não foi concluído. “No momento, este documento, produzido pela Funai, está sendo analisado pelas duas concessionárias.”
Matéria da Agência Brasil.

Indústria de telhas expande vendas aos árabes

Viagens de Lula rendem negócios para empresários brasileiros.

São Paulo – A empresa gaúcha Cláudio Vogel, maior exportadora de telhas cerâmicas do Brasil, está aumentando seus negócios no Oriente Médio. Em fevereiro, ela embarcou quatro contêineres de telha esmaltada para seu distribuidor na Arábia Saudita. Segundo Cláudio Vogel Filho, diretor comercial da empresa, este já é o segundo pedido enviado ao representante, com o qual ele fechou contrato em outubro do ano passado, ao participar da feira de construção Saudi Build. A empresa está prospectando negócios no Bahrein e também quer entrar nos mercados do Iraque, Kuwait e Omã.

Ficha Limpa não atinge políticos que já foram condenados

Priscilla Mazenotti
Repórter da Agência Brasil

Brasília - Uma alteração no texto do Projeto Ficha Limpa, aprovado pelo Senado, deixará candidatos conhecidos do cenário nacional – como Joaquim Roriz e PauloMaluf – de fora da abrangência da Lei. No trecho sobre a concessão do registro, a expressão “os que tenham sido condenados” foi substituída por “os que forem condenados”. Com isso, a regra só vai ser aplicada aos casos de candidatos condenados após a sanção da medida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os que já foram condenados estão sujeitos à legislação atual.
A íntegra:
http://agenciabrasil.ebc.com.br/web/ebc-agencia-brasil/enviorss/-/journal_content/56/19523/956586

Habeas corpus favorável a condenado pela morte de Dorothy Stang reforça impunidade

Enquanto o governo Lula dá bons exemplos para o mundo, a lerda justiça nacional continua tratando ricos de um jeito e pobres de outro. A Amazônia é o faroeste, a lei do mais forte, questões sociais resolvidas a bala, instituições corrompidas.

O diretor de Defesa dos Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Fernando Mattos, disse à Agência Brasil que a libertação de Reginaldo Galvão, condenado a 30 anos de prisão pela morte da missionária Dorothy Stang, reforça a sensação de impunidade em relação a esse tipo de crime. A desembargadora Maria de Nazaré Gouveia, do Tribunal de Justiça do Pará, concedeu habeas corpus para que o condenado aguarde em liberdade o recurso de apelação da sentença. A decisão tem caráter liminar e ainda será analisada pelas câmaras criminais do tribunal. "Nós recebemos essa notícia com preocupação e com uma dose de frustração”, disse o diretor. “Nossa expectativa era de que, pela primeira vez, conseguiríamos a condenação de toda uma cadeia de pessoas envolvidas em um crime com essa repercussão internacional, dos pistoleiros aos mandantes.” No dia 1º de maio, Reginaldo Galvão foi condenado a 30 anos de prisão em regime fechado sob acusação de ser um dos mandantes do assassinato da missionária, de 73 anos. O crime ocorreu em fevereiro de 2005 em Anapu, no Pará.

Ainda a entrevista à Al Jazeera: o efeito Lula em escala mundial

"Uma vez, eu me lembro como se fosse hoje, perguntaram para mim: 'Lula, por que você quer ser presidente da República?' Eu respondi: porque eu quero provar que é possível atender as reinvindicações que eu faço. Bem, eu tinha em mente que eu tinha de dar certo, porque se eu desse errado, não era alguém da elite política brasileira, da elite empresarial, da elite jurídica que fracassava, porque muitos fracassaram e não acontecia nada, mas eu era um operário, um dirigente sindical; se eu fracasso, nunca mais um operário ia chegar a presidente da República. E eu tinha muito em mente o Walesa, na Polônia; ele foi um fracasso como governante, e eu lembrava que ele, depois de presidente, foi candidato e teve menos de 1% dos votos. Então, eu levantava todo santo dia com certeza de que eu tinha que fazer mais, mais e cada vez mais. Graças a Deus as coisas deram certo."

Comentário: Lula expressa com sua curiosa consciência de classe, pragmática, o que aconteceu nestes últimos sete anos e meio; do outro lado, a "grande" (cada vez menor) imprensa, que é o partido da direita (ver citação no alto deste blog à esquerda), teve a mesma compreensão e procurou destruir a imagem de Lula, para que "nunca mais um operário ousasse governar" este país. Para sorte do povo brasileiro o "bem" prevaleceu e estamos tendo o melhor governo da nossa história, provavelmente estabelecendo um novo paradigma político. Além disso, Lula se torna uma referência internacional. Ao falar à Al Jazeera o que está transcrito acima, ele dá um exemplo de orgulho para milhares, possivelmente milhões, de pessoas comuns do planeta.

Lula à Al Jazeera: Copa do Mundo e Olimpíadas

"Eu pedi para o meu ministro do Esporte responder à Fifa. A Fifa fique tranquila, não venha com aquela mentalidade eminentemente europeia, sem conhecer a América do Sul e o Brasil. Nós vamos fazer uma Copa do Mundo melhor do que eles fizeram, mais alegre do que eles já fizeram, só corremos o risco de o Brasil ser campeão outra vez! Mas nós estamos preparados para a Copa do Mundo e preparados para as Olimpíadas. Nós sabemos o que isso significa para o Brasil, nós sabemos o que significa para a imagem do Brasil."
http://blog.planalto.gov.br/entrevista-a-tv-al-jazeera-tento-na-presidencia-retratar-um-pouco-do-que-vivi-na-minha-vida/

Lula à Al Jazeera: o desastre ecológico no Golfo do México e a exploração do pré-sal

"Há muita preocupação. Eu, inclusive, já disse ao presidente da Petrobras, primeiro, oferecer toda a ajuda que a gente puder oferecer aos Estados Unidos para ajudar a conter o vazamento de óleo. Segundo, para que a gente faça uma reparação na manutenção da Petrobras, para que a gente não permita que aconteça o que aconteceu no Golfo. Você sabe que tem problema, porque tem que fazer um novo furo, um novo poço e tamponar lá por baixo. Isso demora. Então, eu acho que esse acidente que aconteceu nos Estados Unidos deve alertar todas as empresas de petróleo do mundo a serem mais responsáveis, porque o prejuízo será enorme para a humanidade na questão ambiental."
http://blog.planalto.gov.br/entrevista-a-tv-al-jazeera-tento-na-presidencia-retratar-um-pouco-do-que-vivi-na-minha-vida/

Lula à Al Jazeera: Belo Monte

Na entrevista à rede de televisão árabe Al Jazeera, concedida durante recente viagem ao Catar, o presidente Lula falou sobre a construção da polêmica Hidrelétrica de Belo Monte:
"No dia 2 de junho eu tenho uma reunião com a comunidade indígena, no Brasil, para discutir Belo Monte, porque nós já fizemos todas as reuniões públicas possíveis, e nós vamos garantir que as pessoas que tiverem que mudar de local vão ser tratadas condignamente, e a floresta será respeitada. Nós estamos, agora, criando um sistema de construir hidrelétrica no Brasil, chamado hidrelétrica-plataforma. Nós iremos construí-la, iremos fechar a mata e, para chegar lá, só de helicóptero, para evitar que haja crescimento de cidade em volta da floresta. Então, nós queremos dar exemplo ao mundo sobre energia limpa."

Legado do governo Lula: respeito

"Nós vamos deixar no Brasil um legado de comportamento republicano que o Brasil não conhecia: tratar todo mundo com respeito – os líderes internacionais – mas também exigir um tratamento respeitoso, e não um tratamento de segunda classe."
Presidente Lula em entrevista à rede de televisão árabe Al Jazeera.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Aprovada no Senado, Ficha Limpa segue para sanção presidencial

O Senado aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a chamada lei "ficha limpa", que impede a candidatura de políticos condenados em segunda instância. O projeto - que nasceu de uma iniciativa popular, liderada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, uma rede que congrega 43 organizações sociais - só depende agora da sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para passar a vigorar. Pela nova lei, os políticos condenados ficam inelegíveis por oito anos. Os que ainda assim quiserem disputar alguma eleição terão de obter uma liminar na Justiça.
Matéria da BBC Brasil.

A história das imagens filmadas de Lampião

As únicas filmagens de Lampião foram feitas em 1935 e 1937 por Benjamin Abrahão Botto, um imigrante libanês. Como em cinema tudo é mentira, as cenas de tiros foram simuladas para a câmara. O filme, com mais de duas horas de duração, foi apreendido pela polícia e ficou jogado num canto, até que os cineastas Lírio Ferreira e Paulo Caldas o descobriram; conseguiram salvar apenas 15 minutos. Quem conta esta história é o jornalista Artur Aymoré, no livro “O Outro Olho de Lampião – A imprensa e o cangaceiro”, recém-publicado.
Reportagem da Agência de Notícias Brasil-Árabe.

Hidrelétricas no Rio Madeira ameaçam tribos indígenas isoladas

A construção das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau no rio Madeira ameaça destruir o meio de vida de várias tribos indígenas que vivem na Amazônia, sem contato com o resto da sociedade, segundo a ONG britânica Survival. As hidrelétricas estão na vizinhança de várias tribos isoladas, entre elas os Mujica Nava e os Jacareúba/Katawixi, constatou recente expedição realizada pela Fundação Nacional do Índio (Funai). As represas significam a construção de novas estradas e fluxo em massa de migrantes à região, o que destruirá com rapidez a floresta e propagará doenças mortais nessas comunidades, como a gripe e a caxumba.
Agência Efe via Amazônia.org.

Obama encorajou acordo com Irã, afirma chanceler da Turquia

O acordo firmado entre Irã, Turquia e Brasil foi encorajado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conforme afirmou o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu. Ele fez a declaração logo após a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, anunciar uma nova rodada de sanções contra o Irã. Segundo o chanceler, citado na edição de ontem (18/5/10) do jornal norte-americano The National, Obama é o responsável pela aproximação da Turquia com o Irã em busca de uma solução diplomática para a questão nuclear. “Obama abriu o caminho para esse processo”, afirmou Davutoglu, em Istambul.
A integra no Opera Mundi.

Marcha contra homofobia reúne 1,5 mil em Brasília

Da Agência Brasil
Brasília - Representantes do movimento de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT) se reuniram hoje (19/5/10), em Brasília, para a 1ª Marcha Nacional contra a Homofobia. A passeata contou com mais de 1,5 mil participantes. O objetivo do movimento é reivindicar a garantia de Estado laico (sem interferência religiosa nas decisões públicas), aprovação imediata do Projeto de Lei da Câmara (PLC 122/2006) que torna crime a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, e uma decisão favorável da Justiça sobre a união civil entre casais homoafetivos.
A íntegra:

Indígenas invadem a Câmara para serem ouvidos

Índios acampados há mais de cinco meses em frente ao Ministério da Justiça invadiram a Câmara dos Deputados. Protestam contra a votação em Plenário, prevista para hoje, da emenda 36 da medida provisória 472, que cria o Conselho Nacional de Política Indigenista, sem consultar a opinião das comunidades.
A íntegra no Último Segundo.

Obama condena lei de imigração do Arizona

O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou durante reunião com o mexicano Felipe Calderón que a lei anti-imigração aprovada em 23 de abril no estado do Arizona é uma “resposta errada a um problema real". “Pode-se e deve-se prosseguir a favor de uma reforma orgânica da imigração, não de forma unilateral, mas em estreita colaboração com o governo mexicano", disse Obama, apoiando as críticas de Calderón aos Estados Unidos por conta da aprovação da lei.
A íntegra no Opera Mundi.

Mudança climática: novo temporal em SC

Temporal afeta 50 mil pessoas em Santa Catarina
Alex Rodrigues
Repórter da Agência Brasil
Brasília - Fortes chuvas e ventos de aproximadamente 80 quilômetros por hora atingiram Santa Catarina nesta madrugada (19/5/10), provocando novos estragos em pelo menos 12 cidades catarinenses. De acordo com o balanço preliminar divulgado pela Defesa Civil estadual, mais de 50 mil pessoas foram afetadas. Destas, 868 foram desalojadas e 810 tiveram que ser levadas para abrigos. Rodovias estaduais e federais também foram atingidas. As áreas mais afetadas foram da região metropolitana de Florianópolis e o Vale do Itajaí.
A íntegra.

Escola pública melhorou

Para 19,5% dos entrevistados pela pesquisa Sensus/CNT entre os dias 10 e 14/5/10, a escola pública é o serviço que melhorou mais nos últimos seis meses. Ela superou a telefonia, cujo índice caiu de 24% para 12,3%. Na pesquisa anterior, educação vinha em segundo lugar, com 16%.

O bom do governo Lula não tem nada a ver com o governo FHC

Uma das ladainhas dos demotucanos é afirmar que as qualidades do governo Lula foram herdadas do governo FHC (os defeitos, não, são próprios). Não colou. A pesquisa Sensus/CNT registrou que 57,1% dos entrevistados consideram que "os benefícios econômicos e sociais atuais foram gerados devido às ações tomadas no governo Lula". Só 17,4% acham que eles vêm de medidas tomadas no governo FHC. Deve ser por isso que Serra não apenas tirou FHC da foto, como passou a elogiar o governo Lula e mentir que vai dar continuidade aos tais benefícios.