sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Facebook quer ler a sua mente e fazer dela sua nova fonte de dados

A rede social financia pesquisas que desenvolvem mecanismos para interpretar as ondas cerebrais.

El País Retina, 15/8/19

Já faz tempo que o Facebook deixou de achar suficiente saber onde você está, com quem e fazendo o quê. Do que você gosta ou deixa de gostar, todas as tecnologias já sabem com base em quem você segue, quantas curtidas você dá e quais coisas você compra. Também te escutam pelo telefone. Coletam dados sobre as coisas que você diz e faz, colocam um lacinho de embrulho e as vendem para quem der o maior preço. Mas há uma barreira que nenhuma delas conseguiu atravessar ainda: o pensamento. Você consegue imaginar o que aconteceria se as empresas pudessem ler a sua mente e obter lucro com essa informação? Pois esse parece ser o próximo objetivo do Facebook. A empresa de Mark Zuckerberg está financiando diferentes pesquisas para desenvolver "decodificadores de voz" capazes de determinar a partir dos sinais cerebrais das pessoas o que elas tentam dizer, de acordo com um post publicado no blog do Facebook.

Clique aqui para ler a íntegra no El País.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.