segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O última (?) batalha contra o cigarro

A lei antifumo é uma vitória pontual da razão contra o capital.
Os prejuízos pessoais, sociais e estatais do tabagismo são astronômicos.
As multinacionais do tabaco durante décadas venderam em belíssimas e caríssimas propagandas as maravilhas de se fumar, enquanto produziam doenças nos fumantes ativos e passivos.
Prevaleciam os interesses das agências de publicidade, dos veículos de comunicação, dos governos que arrecadavam impostos.
Virar esse jogo foi uma luta de Davi contra Golias, mas a vitória está sendo alcançada, até mesmo no Brasil, onde se diz que as leis não pegam.
Há outros Golias a serem derrotados: os agrotóxicos, as cervejas, os automóveis...

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.