quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Golpe veio contra acertos, derrota foi consequência dos erros

A sempre lúcida análise do Franklin Martins. A autocrítica da esquerda derrotada em 2016. A primeira análise profunda que eu vejo vinda do campo do PT (F.M. tem autonomia), fundamental. "Fomos vítimas da nossa soberba. Viramos uns pavões. Se Lula elege um poste..." "Governo tomava decisões importantes sem debater..."
F.M. enfatiza que o golpe foi dado em resposta aos acertos do governo, resumidamente, contra a inclusão social. Perfeito. Mas o que importa agora é compreender os erros para formular um novo projeto de governo. E ele lista os erros -- não regular a comunicação, não fazer a reforma política, não baixar os juros etc. Eu acrescento: não criar a educação primária pública de qualidade igual para todos e não tornar o meio ambiente o centro de todas as políticas públicas.
O governo direitista tem os dias contados. Um governo que exclui o povo, os trabalhadores, os pobres, as mulheres, os negros, os indígenas não tem futuro. Não pode ter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.