quarta-feira, 30 de maio de 2018

As perdas bilionárias do 'setor produtivo'

Da série "peculareidades da imprensa capitalista".

"Setor produtivo tem perdas bilionárias com greve", diz O Globo na sua manchete de hoje (30/5). E eu fico pensando no que será "setor produtivo". Será que eu faço parte do setor produtivo? O leitor fará? O leitor, digamos, caminhoneiro, a leitora dona-de-casa, o leitor porteiro, a leitora cabeleireira, o leitor motorista de ônibus, a leitora professora, o leitor petroleiro, o leitor jornalista...

Lá dentro a notícia tem outro título, que nos dá pistas do que O Globo chama de "setor produtivo": "Da agricultura à aviação, todos os segmentos contabilizam prejuízos com greve dos caminhoneiros". Parece que não, os leitores citados não fazem parte do setor produtivo. Seremos então parte do setor improdutivo? Existe mais algum setor, que não seja produtivo ou improdutivo?

Se o leitor não faz parte do "setor produtivo", terá tido perdas? O Globo não as contabilizou pelo visto. Por quê? Ou será que quem não faz parte do "setor produtivo" não tem perdas? Ou essas perdas não importam?

De qualquer forma, a preocupação do O Globo com as "perdas bilionárias" do "setor produtivo" e seu desinteresse pelo leitor ficam na minha cabeça.

Para quem quiser ler a pérola, o link é este:
https://oglobo.globo.com/economia/da-agricultura-aviacao-todos-os-segmentos-contabilizam-prejuizos-com-greve-dos-caminhoneiros-22730910

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.