sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Mais uma comparação entre Brasil e Chile

Olha essa notícia do mesmo Poder 360. E este saite não é da grande imprensa, dos barões -- mas é de jornalistas que conviveram intimamente com o baronato e que pensam que têm pedigri. A Abraji, por exemplo, está cheia deles; quando superar essa limitação, e vai superar em breve, penso eu, por força da realidade, vai ter papel importante na reconstrução do jornalismo brasileiro.

Mas o Poder 360 não tem senso de ridículo, porque critica a aposentadoria chilena, mas se omite (e apoia) sobre a reforma da previdência brasileira. Ora, com o dólar a 4,20, a aposentadoria chilena é bem próxima do salário mínimo brasileiro, menos de 1.000 reais!

A notícia vale pra gente ver como é difícil recuperar direitos perdidos. O reajuste é para aposentados com 80 anos ou mais. Outra medida reduz pela metade a passagem de ônibus para aposentados; aqui não pagamos nada.


Em meio a protestos, Chile aumenta aposentadoria mínima de idosos em 50%

Benefícios são baixíssimos e causam revolta. Mesmo pós-reajuste, valor é só de US$ 207.

Clique aqui para ler a matéria no Poder 360.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.