sexta-feira, 13 de junho de 2014

Concurso da Copasa é usado para propaganda política

Enquanto Aécio persegue jornalistas e professora universitária.
Por que há tanta hostilidade contra a Copa? Basta pensar em como ela seria, caso o governo federal fosse tucano. Estaríamos todos esses anos recebendo propaganda favorável, em vez de propaganda desfavorável. Como faz esse concurso da Copasa.

Do MSN Estadão, 12/6/14.
Concurso de estatal mineira cita escândalos do PT
Além de ter "mensalão" e CPI da Petrobrás explorados nas questões, teste aplicado no Estado fala em 'ataque violento de Dilma a Aécio'
Por Marcelo Portela 

Belo Horizonte - Uma prova aplicada no domingo passado durante concurso da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) continha questões sobre a eleição presidencial, o "mensalão" e a CPI da Petrobrás. No exame para quatro cargos de agente e operador da estatal mineira, uma das opções de resposta sobre o Volta, Lula citava "o ataque violento de Dilma ao seu adversário mais próximo - Aécio Neves".
Ao todo, 42 mil pessoas fizeram inscrições para o processo seletivo da Copasa, realizado inicialmente em 18 de maio, mas anulado porque foi constatado que não havia número suficiente de exames para todos os inscritos. O concurso de domingo foi realizado em 37 cidades do Estado.
A questão 32 da prova para os cargos de operador de serviços de saneamento, leiturista, auxiliar de serviço de saneamento e operador de estação de tratamento de água e de estação de tratamento de esgoto, perguntava sobre "a estratégia para acabar com a intensa movimentação pelo Volta Lula nas últimas semanas de maio".
Entre as respostas, os candidatos podiam escolher "o ataque violento de Dilma ao seu adversário mais próximo - Aécio Neves - levando a um aumento dos índices da presidente nas pesquisas eleitorais". Pelo gabarito oficial, a resposta correta é "a dobradinha Lula-Dilma para fortalecer a candidatura da presidente e afastar de vez o coro pela volta do ex-presidente como candidato no lugar de Dilma". Já a questão 34 aborda a "razão" da criação da CPI da Petrobrás - sem especificar se abordava a comissão mista ou a criada no Senado. A resposta correta é "a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, no governo Lula".
A questão 37 trata do julgamento do "mensalão", aparentemente com uma incorreção: "De acordo com as decisões jurídicas no caso da PEC 37, podemos classificar como núcleo financeiro do mensalão", questiona. Além das opções "governo brasileiro" e "BNDES", também havia opção do Banco HSBC e do Banco Rural - a correta, conforme o gabarito oficial.
A Proposta de Emenda Constitucional 37 proibia o Ministério Público de fazer investigações, que seriam restritas às polícias Civil e Federal, mas o texto foi rejeitado pelo Congresso. Já o "mensalão" foi tratado na ação penal 470, que tramitou no Supremo Tribunal Federal.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.