domingo, 29 de junho de 2014

Por que os roqueiros dos anos 80 viraram reacionários?

Não é privilégio de geração. Caetano, por exemplo, enquanto fazia uma revolução estética praguejou contra os estudantes de 68, demonstrando que ele também não entendia nada do que estava acontecendo.
É muito comum que artistas sejam reacionários quando se metem em política. Vale quase como uma regra: se um artista pensa isso, vou pensar o contrário.

Do DCM. 
O que aconteceu com os roqueiros dos anos 80? Leoni, o único que não virou reaça, fala ao DCM 
por Pedro Zambarda de Araújo

O carioca Carlos Leoni Rodrigues Siqueira Júnior, conhecido somente como Leoni, tem uma carreira dedicada ao pop rock. Fundou e foi baixista e compositor do Kid Abelha entre 1981 e 1986, período em que a banda tornou-se um fenômeno, colecionando discos de ouro. É autor de todos os principais hits (Seu Espião, Como Eu Quero, Pintura Íntima, Fixação, entre outras).
Saiu depois de um desentendimento. Fundou a banda Heróis da Resistência e, desde 1993, está em carreira solo. Tem parcerias com Cazuza (“Exagerado”), Herbert Vianna, Léo Jaime, Roberto Frejat, entre outros.
Aos 53 anos, Leoni é uma exceção, uma mosca branca, entre a imensa maioria de seus colegas de geração: uma “pessoa de esquerda”, como ele se define.
Roger, do Ultraje a Rigor, e Lobão são macartistas. Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, não fala coisa com coisa, especialmente em política. João Barone, baterista dos Paralamas do Sucesso, repete clichês sobre "corrupção" sem parar — sempre contra o PT, naturalmente. Tony Belloto, guitarrista do que restou dos Titãs, é autor de frases originais como “é uma merda pensar como o Brasil há 30 anos ou patina, ou piora". A lista é longa.
"Na época da ditadura, tínhamos um inimigo comum. Quando acabou, percebemos o que cada um pensava", diz Leoni. Ele conversou com o DCM sobre música, política, seus companheiros dos anos 80 e o que Renato Russo e Cazuza estariam pensando dessa salada.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.