quarta-feira, 22 de maio de 2013

O brasileiro que quer fazer paralítico andar

É um cientista: Miguel Nicolelis. O mesmo que experimentou telepatia em ratos.

Da revista Ciência Hoje.  
Proposta de pé
Em palestra no Rio de Janeiro, o neurocientista Miguel Nicolelis fala sobre projeto que pretende fazer paraplégico andar até a Copa de 2014 e sobre iniciativas científicas e sociais promovidas pelo centro de pesquisa que coordena em Natal.   
Por Marcelo Garcia
Publicado em 22/5/2013 | Atualizado em 22/5/2013
Exoesqueleto ligado ao cérebro poderá devolver movimentos e sensações a pessoas com deficiência. A 13 meses da Copa, pesquisador ainda pretende surpreender o mundo na abertura do evento. (imagem: Projeto Walk Again) 

Junho de 2014. O Itaquerão lotado recebe a seleção brasileira para a abertura da Copa do Mundo. Um adolescente paraplégico entra em campo numa cadeira de rodas, com a camisa do Brasil. Próximo ao círculo central, se levanta, caminha cerca de 20 passos incertos e dá o primeiro chute na brazuca. Se nossos estádios ficarem prontos até lá e se tudo der certo para o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, da Universidade Duke, nos Estados Unidos, e do Instituto Internacional de Neurociência de Natal (IINN), o público poderá presenciar essa cena daqui a 13 meses.
Em palestra realizada nessa terça-feira (21/5), no auditório da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no Rio de Janeiro, o pesquisador apresentou suas expectativas e sonhos para o projeto Walk Again (andar de novo, em português). A iniciativa pretende desenvolver exoesqueletos movidos "por pensamento" para permitir que pessoas com danos motores possam voltar a andar e recuperar a sensibilidade dos membros afetados.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.