quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Clemência para Snowden

É o que pedem os jornais The New York Times e The Guardian para o americano que revelou ao mundo como o governo dos EUA o espiona.

Do Público.
New York Times: Snowden "prestou um grande serviço ao seu país"
João Manuel Rocha

As direcções editoriais dos jornais The New York Times e The Guardian apelaram ao Governo dos Estados Unidos para que trate Edward Snowden como informador e lhe conceda alguma forma de clemência.
"Considerando a enorme valia da informação que divulgou, e os abusos que revelou, o Sr. Snowden merece melhor do que uma vida de exílio permanente, medo e fuga. Pode ter cometido um crime para o fazer, mas prestou um grande serviço ao seu país. É tempo de os Estados Unidos oferecerem a Snowden um perdão ou alguma forma de clemência que lhe permita regressar", escreve o jornal norte-americano.
A pena para o antigo analista da NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos) deverá, segundo o jornal norte-americano, ser "substancialmente reduzida" devido ao seu papel de denunciante. Snowden, acrescenta, deve poder dedicar a sua vida a defender uma "maior privacidade" e uma "muito mais forte" supervisão dos serviços de vigilância.
"Quando alguém revela que funcionários do governo violaram rotineira e deliberadamente a lei, essa pessoa não deve passar a vida na prisão, nas mãos desse mesmo governo", considera o jornal, num texto editorial divulgado na quarta-feira. Com as revelações de Snowden, "o público ficou a saber com grande detalhe como a agência tinha ultrapassado o seu mandato e abusado da sua autoridade".
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.