quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Na Rússia neoliberal, liberdade de expressão só atrás das grades

A "democracia" neoliberal do czar russo Putin manda para a prisão banda de rock e multa quem protesta em praça pública. Será que ainda deportam para a Sibéria? A velha imprensa dizia que o regime comunista era autoritário, mas não manifesta o mesmo horror contra o autoritarismo capitalista. Até a BBC é tolerante com o autoritarismo do regime russo.

Da BBC Brasil
Mulheres de grupo punk que invadiu catedral vão a julgamento em Moscou
Começa nesta segunda-feira em Moscou o julgamento de três integrantes do grupo punk Pussy Riot. As roqueiras e ativistas políticas invadiram a catedral de São Nicolau, a mais importante da cidade, em fevereiro deste ano, e interpretaram uma canção de protesto recheada de palavrões e críticas ao presidente russo, Vladimir Putin.
As militantes já estão presas há cinco meses e poderão ser condenadas a sete anos de prisão. Elas são acusadas de vandalismo e de haver profanado a catedral.
A íntegra.



Do Último Segundo. 
Putin sanciona lei que pune manifestantes 
Alvo de uma série de manifestações, presidente russo quer coibir protestos com multas que variam de US$ 9 mil e US$ 30 mil
O presidente russo Vladimir Putin anunciou nesta sexta-feira que sancionou uma controvertida lei que aplicará multas consideráveis para punir os participantes e organizadores de ações de protestos em caso de distúrbios.
A medida é vista como uma dura resposta do Kremlin a uma série de protestos de rua realizados desde dezembro contra os 12 anos de governo de Putin e como parte de uma repressão mais ampla contra a oposição desde seu retorno à presidência, em maio.
A lei fará com que as multas contra pessoas físicas subam dos atuais 2 mil rublos para 300 mil rublos (US$ 9 mil), oferecendo como alternativa o cumprimento de 200 horas de trabalho social. Pessoas jurídicas teriam de pagar 1 milhão de rublos (US$ 30 mil), números considerados exagerados pela oposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.