sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

A tragédia anunciada em Xerém

Mais uma. Todo ano tem e todo mundo sabe o que é preciso fazer, mas as ações governamentais são decisões políticas e envolvem despesas. Os governos escolhem se vão prevenir enchentes e salvar vidas ou destinar recursos para empresários e políticos corruptos -- inclusive publicidade em televisões, rádios, jornais e revistas.

Da Agência Brasil.
Desastre em Xerém foi tragédia anunciada, diz especialista
Vladimir Platonow
Rio de Janeiro – A destruição causada pelo temporal que atingiu na madrugada de hoje (3/1/13) o distrito de Xerém, em Duque de Caxias, poderia ter sido evitada. Bastariam medidas de prevenção básicas, como a proibição pelo Poder Público de edificações nas margens dos rios e córregos, além de uma dragagem periódica. A opinião é do especialista em geotécnica do Departamento de Engenharia Civil da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Alberto Sayão.
"Foi uma tragédia anunciada, um desastre previsto. Alguém tem que ser responsabilizado", disse Sayão, que citou a falta de fiscalização pelo Executivo, a leniência do Judiciário em julgar crimes ambientais e o populismo de integrantes do Legislativo, que buscam se promover em troca da facilitação da ocupação de áreas irregulares.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.