terça-feira, 30 de abril de 2013

A maquiagem da Pampulha para a copa

A lagoa, que na verdade é um esgoto a céu aberto, fica mais fedorenta justamente na época da copa -- ó azar! O que os gringos civilizados ricos vão pensar de nós?!

Do Projeto Manuelzão.
Para inglês ver 
Prefeitura de Belo Horizonte pretende "maquiar" Lagoa da Pampulha para a Copa do Mundo
No dia 18 de abril, técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional visitaram a Lagoa da Pampulha para avaliar se o complexo paisagístico pode ser alçado a Patrimônio Cultural da Humanidade. Alguns problemas, porém, precisam ser solucionados para que a área seja reconhecida como patrimônio. De acordo com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas, a Lagoa nunca teve índices de poluição tão ruins. Além disso, problemas estruturais, falta de restauração e a descaracterização de edificações e jardins também podem dificultar o processo. Entretanto, durante a Copa do Mundo, esses problemas estarão resolvidos. Pelo menos aparentemente.
A Prefeitura de Belo Horizonte planeja fazer uma "maquiagem" para limpar o espelho d’água, contratando uma empresa para oxigenar a Lagoa. Esse processo, a ser realizado meses antes do início da Copa, garantiria que as águas ficassem limpas visualmente e inodoras. Mas, para que isso aconteça, a Copasa precisa cumprir o cronograma de retirar todo o esgoto despejado na Pampulha até o final de 2013.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.