terça-feira, 9 de abril de 2013

Pela privatização do enterro da dama de ferro

O enterro da política que achava que o Estado não deve desperdiçar dinheiro com seus cidadãos, que destruiu sindicatos e desmontou o Estado de bem-estar social britânico vai custar 8 milhões de libras.

Da revista Samuel.
Abaixo-assinado pede privatização do enterro de Thatcher
Uma petição junto ao governo britânico pede que o enterro de Margaret Thatcher seja privatizado. Trata-se, evidentemente, de uma sarcástica crítica a sua gestão (1979-1990).
Thatcher foi, com o general Augusto Pinochet, que governou o Chile de 1973 a também 1990, a grande defensora do neoliberalismo. Os dois foram o modelo do modelo que até hoje domina boa parte do debate econômico.
Muita gente questiona o prefixo "neo" à palavra liberal. Mas o que diferenciava ao "neo" do liberalismo clássico? Sob o rótulo liberal, estavam identificadas uma série de políticas de respeito e proteção ao indivíduo. Algumas políticas liberais exigiam, inclusive, a participação do Estado, no sentido de "igualar os desiguais" – na educação pública, por exemplo.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.