quarta-feira, 19 de março de 2014

Água: tucanos pedem socorro ao PT

Há algum tempo o governador Anastasia foi de pires na mão pedir ajuda financeira ao governo Dilma para Minas Gerais não quebrar.
Agora é a vez de Alckmin pedir para usar um rio federal, para que os paulistas não fiquem sem água, porque não conseguiu administrar o abastecimento estadual.
Tucanos também maquiam números sobre segurança e saúde, para melhorar seu desempenho.
E dão mais dinheiro aos acionistas privados da Cemig do que investem em energia.
E compensam os incentivos que dão às grandes empresas cobrando mais dos consumidores residenciais.
E não pagam o piso salarial aos professores.
Afinal, a tão propalada competência de gestão tucana é aplicada em que setor? Só na propaganda?

Da Folha de S. Paulo, via Escrevinhador.
Governo federal deve aprovar uso de água do Paraíba em SP, diz Alckmin 
Por Gustavo Uribe

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) está otimista e acredita que o projeto que pretende bombear água do Rio Paraíba do Sul para o sistema Cantareira será aprovado pela ANA (Agência Nacional de Águas).
Ontem, Alckmin foi até Brasília pedir à presidente Dilma Rousseff (PT) autorização para captar água da bacia do rio federal. "A posição da ANA eu entendo que seja favorável pois, não prejudica ninguém e vai aproveitar melhor o excesso de água [do Rio Paraíba]. Foi boa a conversa."
No projeto proposto à agência, o governo do Estado utilizaria a água do rio federal somente quando o nível do sistema Cantareira estiver abaixo de 35%, como é o caso deste período de estiagem. A ideia também é só utilizar o excesso de água do rio Paraíba, para não prejudicar os municípios que o utilizam como manancial de abastecimento. As reservas subutilizadas são usadas à geração de energia.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.