quinta-feira, 3 de outubro de 2013

O avanço do agronegócio e a extinção da onça pintada

Belo documentário da BBC, compreensível mesmo sem legendas. Com a devastação do Cerrado e da Amazônia, a onça pintada, maior felino da América, perde seu habitat natural e alimentos. Ataca o gado, cuja criação (além da soja e das madeireiras) é a razão da destruição das florestas, e é morta por vaqueiros. O documentário mostra o emocionante trabalho do Instituto Onça Pintada (com apoio do Ibama?) para criar, treinar e repor na natureza três filhotes órfãos, ao longo de dois anos. Ao final, ficamos com duas convicções: 1) ser vegetariano é uma decisão fundamental para preservar a Amazônia; 2) o governo brasileiro precisa promover uma ampla campanha pela preservação da onça pintada e comprometer o agronegócio nela. A onça não ameaça o homem, é o homem que ameaça a onça; deixá-la comer algumas cabeças de gado para se alimentar deve ser entendido como um custo da agropecuária. Matar onça, assim como outras espécies ameaçadas de extinção, precisa ser crime inafiançável. Como é crime o que o agronegócio faz com o ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.