terça-feira, 29 de outubro de 2013

O Estado de violência no Brasil

Um coronel da PM foi espancado por supostos black blocs e o fato causou indignação, mas a polícia mata diariamente e a imprensa acha normal. Autoridades lamentam e até detectam o problema, mas nada fazem para mudar o Estado de violência sob o qual vivemos. Da mesma forma como os governos reagem com rapidez e rigor contra o "vandalismo", ressuscitando inclusive a famigerada Lei de Segurança Nacional da ditadura, deveriam reagir contra a violência policial, muito mais antiga, mais geral e mais devastadora.

Do Blog do Planalto.
Dilma presta solidariedade à família de Douglas Rodrigues
A presidenta Dilma Rousseff prestou solidariedade à família de Douglas Rodrigues. O jovem foi morto por um policial militar no domingo (27/10/13) em São Paulo. Em sua conta no Twitter, a presidenta disse ter recebido com tristeza a notícia da morte de Douglas.
"Foi com tristeza que soube da morte do jovem Douglas Rodrigues, de apenas 17 anos, na zona Norte de SP. Nessa hora de dor, presto minha solidariedade a sua família e amigos. Assim como Douglas, milhares de outros jovens negros da periferia são vitimas cotidianas da violência. A violência contra a periferia é a manifestação mais forte da desigualdade no Brasil", disse.

Do Diário do Centro do Mundo.
dilma-se-solidariza-com-coronel-pm-agredido-em-manifestacao



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.