terça-feira, 17 de setembro de 2013

Sindicato age contra repressão a jornalistas em Brasília



Do Viomundo.
Repórteres, fotógrafos e cinegrafistas viram alvo da PM em protestos em Brasília
por Conceição Lemes
Essas fotos quase certamente muitos de vocês já viram. Elas estão circulando circular na internet desde 7 de setembro. Assim como o vídeo em que um capitão da Polícia Militar (PM) diz que espirrou gás pimenta nos manifestantes "porque quis".
Só que os alvos dos abusos da PM não foram os de sempre nos protestos – os manifestantes. Mas jornalistas cobrindo as manifestações de 7 de Setembro, em Brasília. Dois foram mordidos por cães da PM, vários levaram spray de pimenta no rosto e alguns cacetadas, mesmo.
"Há casos, como o da repórter Monique Renne, do Correio Braziliense, que foi alvejada diretamente com spray de pimenta nos olhos", denuncia Lincoln Macário, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF), em nota à imprensa.
E é justamente para discutir a violência da PM na cobertura de protestos que o SJPDF realiza nesta terça-feira 17, às 19h, um debate no seu auditório.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.