quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

A verdade que o STF ignorou

Que julgamento foi esse que ignorou as provas da defesa e dispensou de provas as acusações? Melhor seria chamá-lo de inquisição.

Do Brasil 247
A verdade de João Paulo encara as mentiras de JB
Deputado João Paulo Cunha, um dos condenados na Ação Penal 470, publica documento corajoso no qual contesta, uma a uma, todas as acusações feitas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. Com documentos, ele demonstra fatos incontestáveis, como: (1) a contratação de uma agência de publicidade pela Câmara não foi feita por ele, mas pelo antecessor Aécio Neves; (2) a decisão de licitar nova agência não foi dele, mas da Secretaria de Comunicação da casa; (3) o contrato não foi assinado pelo deputado, mas pela diretoria da Câmara. Tudo está documentado, incluindo relatórios da Polícia Federal, do TCU e da própria Câmara, que inocentam o deputado. Leia em primeira mão e faça seu próprio julgamento sobre a conduta do parlamentar, que também demonstra como o dinheiro – que Barbosa diz ter sido desviado para o PT – foi gasto em empresas como Globo, Abril e Folha
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.