domingo, 5 de fevereiro de 2012

O que Pinheirinho e o piso salarial dos professores têm em comum

Do Blog do Euler.
Pinheirinho é uma prova viva de como a Justiça brasileira está a serviço dos ricos. O nosso piso burlado também é outra prova
O vídeo mostra que parcela da Justiça de SP é uma verdadeira esculhambação quando se trata de defender os direitos elementares dos mais pobres. Quando o assunto é defender os ricos, como o banqueiro Daniel Dantas, a Justiça proíbe até mesmo o uso das algemas. Que república!!! Neste post, vamos ser breves nas nossas palavras. O vídeo fala por si, de como funciona uma parte da Justiça no estado mais rico do país, quando se trata de defender ou ofender aos direitos elementares dos mais pobres. A comunidade de Pinheirinho, em São José dos Campos, SP, foi barbaramente expulsa e massacrada por agentes do governo a serviço de um mega especulador. Seis mil pessoas tiveram seus direitos à moradia e ao tratamento digno de seres humanos negados por estes biltres. Em Minas Gerais e em todo o Brasil os educadores também penam por não receberem o piso salarial nacional que é lei federal, e que os governos se recusam a pagá-lo. Numa cumplicidade que reúne o governo federal e os governos estaduais e municipais.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.