quarta-feira, 5 de junho de 2013

Por um novo jornal de humor

Ou pelo menos bem-humorado.
O jornalismo brasileiro está péssimo e mal-humorado. E a realidade, triste e burra, para dizer o mínimo.
Como levar a sério, por exemplo, a copa de 2014? Ou o prefeito Lacerda? Ou o coronel Aecim? Ou o STF? Ou a própria imprensa?
Mesmo o governo Dilma está difícil de ser considerado com seriedade, tantos são seus deslizes direitistas.
Humor de direita não dá, é preciso ter inteligência para fazer rir. Quando aparecer um jornal inteligente e bem-humorado, vai estourar.

Do The i-piauí Herald. 
Neymar cai cinco vezes no gramado em apresentação ao Barcelona
Camp Nou -- Em cerimônia que reuniu globos da morte, focas, trapezistas e milhares de miquinhos amestrados, Neymar encantou o mundo ao entrar no estádio do Barcelona equilibrando cinco cotas de patrocínio nos ombros, enquanto fazia embaixadas com as páginas do contrato.
"Vim estabelecer um novo paradigma capilar ao futebol europeu, tão combalido pelo inócuo estilo joãozinho de Messi", disse, em catalão arcaico, para a alegria dos fãs tradicionalistas.
Em seguida, acompanhado da Intrépida Trupe de Empresários, fez embaixadas com o lóbulo da orelha enquanto desviava de comentaristas que cuspiam fogo. "Tive que me segurar para não atender meu Nextel", disse, enquanto pronunciava "Guaraná Antártica" e "Tenis Pé Baruel" em catalão.
No final da tarde, para alegria dos 55 mil fãs que lotavam o Camp Nou, Neymar cavou cinco pênaltis. Segundo Arnaldo Cézar Coelho, somente um deles existiu.
Leia também
Neymar cita barroco mineiro como maior influência no seu futebol
Brasil alugará Alemanha para a Copa do Mundo
Fora dos padrões Fifa, peruca de Eike será reimplantada
Encontrado brasileiro que simpatizou com a caxirola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.