segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Assembleia Popular Horizontal ocupa a Câmara

A Assembleia Popular Horizontal é a novidade na política belo-horizontina.

Do Portal Minas Livre. 
Manifestantes fazem greve de fome por transparência no governo em BH
Thaís Mota
Em nova ocupação da Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte, dois manifestantes iniciaram na noite de quinta-feira (1°) uma greve de fome exigindo transparência no governo municipal. Segundo informações da Assembleia Popular Horizontal (APH), identificados apenas como Ana Silva e "Jesus Cristo" vão manter a inanição até que seja convocada uma audiência pública de prestação de contas da administração. Além disso, o grupo que ocupa a Câmara reivindica ainda a abertura das planilhas das empresas de ônibus da capital e questiona o aumento de 34,15% no salário dos vereadores, aprovado em dezembro do ano passado.
O protesto teve início na tarde de quinta-feira, quando os vereadores retornaram aos trabalhos, após o recesso parlamentar. Os legisladores foram recepcionados por cerca de 70 manifestantes que gritavam palavras de ordem e exibiam cartazes. "Os vereadores disseram que impedimos a votação dos projetos, mas, na verdade, eles fizeram uma manobra para reduzir o quórum em plenário e inviabilizar a apreciação. O que a gente fez foi um escracho, para incomodá-los", disse Paulo Rocha, membro da APH que está na ocupação.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.