quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Resultados das manifestações em SP

A nova imprensa progride de várias formas, como por exemplo este programa de tevê do Sindicato dos Bancários de SP em parceria com blogueiros e que vai ao ar na internet.

 
Do blog Viomundo.
Haddad: 50% da vitória do MPL ficou no bolso dos empresários
Luiz Carlos Azenha 
Em entrevista ontem no programa Contraponto -- uma iniciativa do Sindicato dos Bancários em parceria com blogueiros –, o prefeito Fernando Haddad disse que, durante as manifestações de junho, em São Paulo, o Movimento Passe Livre obteve uma vitória mais política que econômica para os trabalhadores. Isso porque, segundo Haddad, os subsídios que vão cobrir a diferença nas tarifas — que, afinal, não foram reajustadas em 20 centavos — serão repassados em parte (50%) aos empresários que compram o Vale Transporte.
Haddad disse que desde então aceitou todas as reivindicações pela transparência sobre os custos do transporte público em São Paulo: CPI, auditoria internacional e abertura completa das planilhas.
O prefeito revelou que é prisioneiro da velha mídia: estranhou a falta de repercussão de uma proposta que apresentou, antes que as manifestações irrompessem, na Folha de S. Paulo. Ao que o blogueiro Paulo Henrique Amorim respondeu: "Ninguém lê a Folha". Deveria ter apresentado a proposta -- de municipalização de um imposto sobre a gasolina, a Cide, Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, para subsidiar o transporte público -- na internet.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.