segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

A Conferência Urbana de Belo Horizonte

Quem está sabendo? Quem participa? E no entanto decide o futuro da cidade e a qualidade de vida que terão nossos filhos e netos.
Para que Belo Horizonte continue sendo destruída e piorando como vem acontecendo nos últimos anos, a ignorância e a exclusão da população são fundamentais.
Como qualquer mecanismo democrático, a composição do eleitorado e dos eleitos já indica quem vai mandar e as decisões que serão tomadas. 
Quem entre nós votou ou foi eleito nessa conferência?
Hoje, precisamos muito menos de "representantes", muitas decisões podem ser tomadas diretamente em eleições na internet.
O que os governos precisam fazer é liderar o processo de debates e informação. Depois, colocar em votação pelos eleitores, pela internet.
Que belo processo de apropriação da cidade por sua população não seria isso!
A alternativa à democracia direta é a democracia dos lobbies, como acontece na Câmara Municipal, na Assembleia Legislativa, na Câmara Federal, e também nessa conferência.
Grupos organizados, especialmente empresários e dentre estes os da construção civil, vão determinar como será a cidade nos próximos anos. Não a cidade melhor para a população, mas a cidade melhor para eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.