terça-feira, 15 de abril de 2014

Em defesa da Petrobrás

Enquanto isso, o guru econômico do Aécio prega congelamento de gastos com saúde, educação, transportes e segurança.
A questão é muito simples: as grandes empresas querem ser donas da Petrobrás como se tornaram donas da Vale no governo FHC e da Cemig, nos governos Azeredo e Aécio.
Donas de ex-estatais gigantes, os "investidores" lucram muito e as empresas deixam de ter compromisso com o Brasil.
Significa, como acontece hoje com a Cemig, que em vez de investir na empresa e melhorar os serviços, vão aumentar tarifas, demitir funcionários, terceirizar e piorar serviços e embolsar os lucros.
Tucanos são os políticos que, no governo, viabilizam os interesses das grandes empresas e a "grande" imprensa é seu porta-voz.
Ou, como diz o povo: "tá tudo dominado".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.