sexta-feira, 4 de abril de 2014

Chope com colarinho de palhaço

Já mandei voltar chope com colarinho de palhaço -- no caso, o palhaço é o consumidor. O garçom ficou injuriado.

Do Proteste.
Chope: quantidade no copo é enganosa
Se você não abre mão de um bom chope, seja no happy hour ou em uma comemoração com os amigos, fique atento. Não são todos os bares que servem ao cliente a quantidade de bebida que prometem.

Você já parou para pensar se o volume de bebida no copo é o mesmo indicado no cardápio? Para tentar responder a essa pergunta, a Proteste foi a diversos bares do Rio de Janeiro e as notícias não são boas. Em muitos deles, o consumidor paga por uma quantidade, mas bebe outra bem menor.
Ao pedir 200 ml de chope, é esse o tanto específico de líquido que precisa vir no seu copo. Isso porque, você tem o direito de ser informado sobre aquilo o que adquire e de receber exatamente o que está estabelecido no cardápio.
O colarinho não deve fazer parte dessa conta, já que, quando dissolvido, ele representa um volume ínfimo de chope. Porém, após uma visita a diversos bares do Rio de Janeiro, constatamos que, na maioria deles, isso não acontece. O consumidor paga por uma quantidade, mas bebe outra bem menor.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.