sábado, 12 de abril de 2014

Presidente da Abril (Veja) defende a Petrobrás

Ele era conselheiro da empresa na época do novo "escândalo" fabricado pela "grande" imprensa, mas o oportunismo prevalece na cobertura, mais uma vez.

Do DCM. 
Por que a mídia não está procurando Fábio Barbosa para falar da compra da refinaria de Pasadena?
Paulo Nogueira

Por que a mídia não entrevista o presidente da Abril, Fábio Barbosa, sobre o caso Petrobras?
Ele ocupava uma posição privilegiada quando a refinaria de Pasadena foi comprada. Era integrante do Conselho de Administração da empresa.
E é um executivo respeitado.
Isso não é suficiente para ouvi-lo?
Seria, se não fosse uma coisa: Barbosa está dizendo uma coisa que a mídia não quer publicar.
Disse Barbosa: "A proposta de compra de Pasadena submetida ao Conselho em fevereiro de 2006, do qual eu fazia parte, estava inteiramente alinhada com o plano estratégico vigente para a empresa, e o valor da operação estava dentro dos parâmetros do mercado, conforme atestou então um grande banco americano, contratado para esse fim. A operação foi aprovada naquela reunião nos termos do relatório executivo apresentado".
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.