sexta-feira, 18 de abril de 2014

A tragédia do mineroduto em Minas Gerais

Essa coisa cada vez mais rara na imprensa: reportagem. Coisa praticamente inexistente na "grande" imprensa mineira durante o reinado Aécio: reportagem que denuncia desmandos dos poderosos.
Jornalista é um bicho danado, é só deixar ele trabalhar.
Mostra também como a nova imprensa pode ser feita, acrescentando o vídeo aos textos e fotografias.
Merece o tradicional "veja o vídeo, leia a série de reportagens".

Do jornal O Tempo.
Um mineroduto que passou em minha vida
Ana Paula Pedrosa e Queila Ariadne (texto); Mariela Guimarães (imagens)

Uma mina, um mineroduto, um porto e muitos problemas. Por 525 Km, o projeto Minas-Rio, da Anglo American, vai unir, por meio de um mineroduto, a extração de minério de ferro, em Minas Gerais, ao porto, no Rio de Janeiro. O mineroduto é o maior do mundo e o complexo só espera a concessão das licenças de operação para começar a funcionar, o que deve acontecer até o fim do ano. Enquanto os tubos do projeto vão sendo enterrados, um rastro de insatisfação vai se abrindo entre os atingidos, que se sentem abandonados pela empresa.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.