sexta-feira, 11 de abril de 2014

Polícia Federal indicia Pimenta da Veiga por lavagem de dinheiro

Pimenta, o candidato que Aécio Neves trouxe de Brasília para ser governador e ajudar a elegê-lo presidente é o "ex-ministro" do título da notícia do Estadão.
Esquisito, como todo o noticiário da "grande" imprensa hoje; ex-ministro pode ser qualquer um, o leitor vai pensar logo em ex-ministro do governo Dilma ou Lula.
Mas não, é ex-ministro de FHC. A velha imprensa não põe um título assim "ex-ministro de FHC" ou "ex-ministro tucano", mas colocaria sem pestanejar "ex-ministro de Lula" ou "ex-ministro petista", alguém duvida?
Como seria o título se o "ex-ministro" fosse Pimentel, em vez de Pimenta?
Ficou monótono comentar a "grande" imprensa, mas a notícia é importante: um político indiciado vai disputar o governo mineiro?
O que Aécio responderá quando indagado sobre isso?
Mas a "grande" imprensa fará essa pergunta a ele?
Podemos ter a pista olhando os jornais mineiros de hoje, vendo como deram esta notícia.

Do Estadão.
PF indicia ex-ministro por lavagem de dinheiro 
Alex Capela - Especial para O Estado de S.Paulo

O ex-ministro das Comunicações e candidato do PSDB ao governo de Minas, Pimenta da Veiga, foi indiciado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro. A PF em Minas confirmou ontem o indiciamento do tucano, que prestou, no fim de março, depoimento em Brasília como parte de um inquérito que apura o repasse de recursos da SMPB, de Marcos Valério Fernandes de Souza.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.