sexta-feira, 29 de junho de 2012

Empresa derruba Mata Atlântica para plantar eucalipto

A cara de pau dos capitalistas não tem limite. E não foi a primeira vez. A multinha faz valer a pena.

Da Agência Brasil.
Secretaria do Ambiente do Rio de Janeiro fecha fazenda por desmatar Mata Atlântica para plantar eucaliptos
Agentes da Coordenadoria de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Ambiente, fecharam hoje (29/6/12), uma grande propriedade por desmatar espécies de Mata Atlântica para plantio de uma área de 200 hectares de eucaliptos para fins comerciais.
Localizada na área de proteção permanente (APP) do Rio Guandu, responsável pelo abastecimento de água da região metropolitana do estado, a plantação, no município de Miguel Pereira, no centro sul fluminense, não estava de acordo com as normas legais estabelecidas pela Secretaria de Estado do Ambiente, segundo informou o coordenador da Cicca, coronel José Maurício Padrone.
O coordenador disse que, no passado, a mesma propriedade já havia sido notificada e multada duas vezes. Segundo ele, o valor da multa chegou a R$ 60 mil. No entanto, segundo Padrone, após sobrevoar a região, foi constatado que estavam ocorrendo as mesmas irregularidades. "No ano passado o Inea [Instituto Estadual do Ambiente] esteve lá e notificou ao proprietário a apresentar o licenciamento e também apresentar a reserva legal de sua área. Não foi apresentado porque não existe."
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.