sexta-feira, 29 de junho de 2012

Mais dois candidatos puxa-sacos do Aécio

Délio Malheiros (PV) e Leonardo Quintão (PMDB). Quando a gente pensa que a reeleição de Márcio Lacerda é a pior coisa que pode acontecer à cidade, aparecem mais dois candidatos para disputar com ele o troféu de maior puxa-saco do Aécio. Era só o que faltava. Não bastava Lacerda defenestrar o PT para se aliar ao PSDB, o PT se imolar em praça pública e voltar obediente, subserviente, submisso. Os dois candidatos da "oposição" a Lacerda são ainda mais aecistas! É o pensamento único elevado à terceira potência. Não entenderam nada. Já pensou ter de escolher no segundo turno entre dois candidatos que declaram amor ao Aécio? Um candidato do sim e outro do sim, sinhor? A gente pensando que eles eram de oposição, mas eles são da situação! Em Minas não tem oposição, só tem situação! É a situação contra a situação também e a situação mais ainda! Tipo Arena 1, Arena 2 e Arena 3! E o PTB pelo visto vai ser Arena 4! Cruz credo! Arreda capeta! A política mineira só pode ser comentada pelo Macaco Simão. Pelo visto só vão sobrar as candidatas do Psol e do PSTU. Tomara que aproveitem a maré que está levando as mulheres ao topo. Que essas mulheres lavem a alma dos belo-horizontinos!
(OBS: E a "Turma do Lacerda" é flagrantemente fascista, como se vê na matéria abaixo.)

Do iG Minas Gerais
Cabos eleitorais de 'Aécio presidente' se unem contra prefeito de Belo Horizonte
Denise Motta
Dois pré-candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte se uniram antes mesmo da campanha eleitoral começar e prometem partir para cima do prefeito Marcio Lacerda (PSB), que disputará a reeleição. Délio Malheiros (PV) e Leonardo Quintão (PMDB) reuniram a imprensa nesta sexta-feira (29/6/12) para avisar que estarão juntos em um eventual segundo turno. Malheiros afirmou que estará com quem estiver contra Lacerda. Quintão disse que responderá todos ataques a ele em redes sociais como Twitter e Facebook. Ele já disputou a Prefeitura da capital mineira em 2008, sendo derrotado no segundo turno pelo atual prefeito.
Tanto Quintão quanto Malheiros declararam que trabalharão para que o senador Aécio Neves (PSDB) seja candidato à Presidência da República em 2014. Malheiros, inclusive, avisou: vai desafiar publicamente Lacerda a posicionar-se a favor ou contra o ex-governador de Minas. "Se o Marcio Lacerda ganhar, será péssimo para o Aécio porque o PT já fechou com o PSB em 2014", argumenta. "Vou ter muito voto de tucano. Pode escrever aí", disparou Leonardo Quintão ao comentar sobre seu apoio à candidatura de Aécio. Ele também disse esperar uma campanha baixíssima, do "submundo da política".
Além dos pré-candidatos do PV e do PMDB, o PTB lançou o nome do deputado estadual Eros Biondini para prefeito da capital. O PTB também integra a base do governador Antonio Anastasia (PSDB), sucessor de Aécio e, em Minas, trabalha pela candidatura do senador à presidência.
Redes sociais
Enquanto os pré-candidatos afiam os argumentos para pedirem votos em Belo Horizonte, a rede mundial de computadores já dá sinais de que a disputa eleitoral será quente. Já existem grupos organizados a favor e contra o prefeito Márcio Lacerda no Facebook e no Twitter.
Lançado há pouco mais de um ano, o grupo Fora Lacerda ataca frontalmente o prefeito, com argumentos que passam por ações polêmicas da gestão municipal, como a cessão de ruas e terrenos para a iniciativa privada, além de uso regular de viagens em aviões fretados. Já o grupo Turma do Lacerda é radical ao defender o prefeito dos ataques.
Enquanto o Fora Lacerda tem adesão de pessoas ligadas à área cultural da cidade e realiza reuniões frequentes para traçar planos a fim de tentar fragilizar o prefeito, a Turma do Lacerda vive no anonimato e designa o prefeito como "líder supremo". O iG entrou em contato pelo Twitter com o grupo Turma do Lacerda. "Não podemos deixar que a indolência dos preguiçosos, usurpadores da terra alheia, dos ecotalibãs, dos ateus, das feminazis e dos maconheiros dominem nossa cidade", respondeu o perfil oficial do movimento ao ser questionado sobre como surgiu a ideia.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.