segunda-feira, 30 de julho de 2012

Bancos brasileiros: lucros maiores e demissões

Não existe crise para os bancos. Banqueiros e "investidores" ficam cada vez mais ricos. Não têm nenhum pudor em mandar funcionários para a rua e substituí-los por caixas eletrônicos nos quais os clientes fazem o serviço dos demitidos e ainda pagam uma taxa para manter a conta! E enquanto o dinheiro da gente está lá, eles emprestam caro, cobrando juros bem altos! E se a gente aplica o dinheiro não nos pagam nem um décimo do que cobram a quem emprestam! Pergunte a uma criança o que ela acha disso e ela dirá que é roubo. Mas esse roubo é considerado normal e os bancos são considerados modelo de eficiência. Basta ver as maravilhosas propagandas que nos mostram. Êta beleza de sistema!

Da Radioagência NP. 
Três maiores bancos já lucraram R$ 16 bilhões
Os três maiores bancos privados do país – Bradesco, Santander e Itaú Unibanco – tiveram lucro líquido somado de R$ 16 bilhões apenas nos primeiros seis meses deste ano. Na semana passada, as instituições financeiras públicas e privadas do país começaram a divulgar os balanços do semestre. Os dados demonstram que os lucros continuam em alta.Somente o Itaú Unibanco apresentou lucro líquido de R$ R$ 7,129 bilhões no primeiro semestre de 2012, o que representa crescimento de 2,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação entre o 2º trimestre, o índice de crescimento é ainda maior, com registro de 8,1%. No entanto, entre junho de 2011 e junho de 2012 o banco reduziu nove mil postos de trabalho.
O Bradesco obteve lucro líquido de R$ 5,7 bilhões, o que equivale ao crescimento de 2,7% quando comparado ao primeiro semestre do ano passado. Já o Santander totalizou lucro de R$ 3,2 bilhões.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.