segunda-feira, 2 de julho de 2012

"Eu quero Patrus prefeito"

Hahahaha. Que domingo, hem. Quando a gente pensa que as coisas estão boas, elas melhoram mais ainda... A goleada da Espanha, o golaço do Bernard/Jô, a vitória do Galo e a liderança, a ruptura do PT com o Lacerda-Aécio... Há quanto tempo um atleticano não tinha tanta alegria? E agora o Patrus é o candidato a prefeito. A gente pode até não ser campeão, mas agora dá pra torcer. Como diria o Negrim do Pastoreio (by Nilson, NP15, 1973): "Se felicidade matasse, hein?"

Do Hoje em Dia
Patrus será anunciado candidato do PT em Belo Horizonte 
Amália Goulart
O ex-ministro e ex-prefeito Patrus Ananias é o nome petista para disputar a Prefeitura de Belo Horizonte. Rompido oficialmente com o prefeito Márcio Lacerda (PSB), o PT reúne nesta segunda-feira (2/7/12) sua executiva estadual para decidir sobre a candidatura de Patrus. Só não o será, se não quiser. O ex-ministro admite a possibilidade. "Esta questão não é minha prioridade, mas não deixará de ser considerada. Tenho uma história dentro do PT. Vou conversar, vou ouvir e vamos aguardar", afirmou. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria dito, no domingo (1º), a interlocutores, que, se o PSB não rever a decisão de excluir os petistas da chapa proporcional, a legenda vai lançar Patrus, com um vice do PMDB. Até mesmo a presidente Dilma Rousseff (PT) teria garantido ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel (PT), que irá desembarcar na campanha da capital mineira. É que, no meio petista, o prefeito Marcio Lacerda foi visto como "traidor". Há cerca de um mês, ele garantiu ao presidente nacional do PT, Rui Falcão, que abriria o partido à coligações com siglas da base aliada. Mas, por orientação de Aécio Neves (PSDB), recuou da estratégia, provocando o rompimento com o PT.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.