sexta-feira, 6 de julho de 2012

Depois do Paraguai, a Bolívia?

O golpe em curso. No Paraguai foi desencadeado por choques entre indígenas e polícia. Com provocadores infiltrados e bem armados. O passo seguinte é pedir o impeachment do presidente Evo Morales, com apoio de uma campanha nos veículos de comunicação controlados pela direita. No centro do conflito, interesses de multinacionais contrariados pelo governo de esquerda e movimentos populares. Na América do Sul toda é assim, multinacionais do agronegócio e da mineração extraindo riquezas para vender barato para América do Norte, Europa, Japão e China. E a bancada ruralista quer escancarar ainda mais a propriedade de terras no Brasil para estrangeiros.

Da Agence France Presse, via Uol.
Bolívia: choque entre indígenas e policiais deixa 1 morto e 8 feridos
Um pessoa morreu e outras oito ficaram feridas em confrontos entre indígenas e policiais nesta quinta-feira (5/7/12) em um povoado do sudoeste da Bolívia, onde os nativos mantêm reféns para exigir a expulsão do país de uma filial da mineradora canadense South American Silver, informou uma fonte da Defensoria do Povo.
"Há uma pessoa morta, temos quatro nativos feridos seriamente e também há (...) quatro membros da polícia que sofreram algum tipo de lesão, além de um agente retido por lá", disse René Arroyo, defensor do Povo de Potosí, à rede de televisão Bolivisión.
Segundo a rádio católica Pio XII, a vítima fatal é José Mamani, 45 anos, morador do povoado de Mallku Khota, em Potosí, onde os indígenas mantêm cinco reféns, todos funcionários bolivianos da mina gerenciada pela empresa canadense. Os choques tiveram início quando uma comitiva oficial, liderada pelo ministro do Trabalho, Daniel Santalla, chegou à região para negociar com os dirigentes indígenas a libertação dos reféns. Os nativos exigem a saída do país da companhia canadense, que prevê investir 50 milhões de dólares, até 2014, em um projeto na região para a exploração de prata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.