terça-feira, 31 de julho de 2012

Socialistas abandonam Lacerda

Como se sabe, o prefeito Lacerda é tucano e entrou no PSB para ser candidato em 2008. Foi o cavalo de troia do Aécio para conquistar a Prefeitura de Belo Horizonte e, se -- toc-toc-toc -- for reeleito, certamente migrará para o PSDB para ser candidato a governador em 2014. Até os "socialistas históricos" estão vendo o erro que cometeram aceitando o milionário nas suas fileiras.

Do Estado de Minas.
Patrus recebe apoio de filiados ao partido de Márcio Lacerda
Isabella Souto e Iracema Amaral 
O candidato a prefeito da Frente BH Popular, Patrus Ananias (PT), recebeu na manhã desta terça-feira (31/7/12), no comitê central de campanha, na região Centro-Sul da cidade, apoio de dissidentes do PSB, mesmo partido do candidato à reeleição, prefeito Márcio Lacerda. Os partidários do PSB entregaram um manifesto para Patrus, assinado por 20 militantes, com destaque para o ex-presidente do PSB estadual por três vezes, Valdo Cruz, atual membro da direção nacional do partido. No documento, os dissidentes caracterizam Lacerda como "autoritário, centralizador e de gerenciamento empresarial, desrespeitando a tradição democrática de ouvir a sociedade".
Valdo disse que, na prática, a adesão significa corpo o a corpo em busca de votos do eleitor. Ele também desconsiderou qualquer tipo de retaliação por parte da direção partidária, entre elas a expulsão do partido. O candidato petista avaliou que o apoio dos socialistas significa a consolidação de uma frente de centro-esquerda, que já conta com o PMDB e PCdoB, para sustentar a candidatura a prefeito de Belo Horizonte.
Os socialistas são aliados históricos dos petistas e fazem parte da base aliada da presidente Dilma Rousseff. Até 30 de junho deste ano, data limite para realização das convenções partidárias para escolher candidatos às eleições deste ano, PT e PSB sinalizavam que iam repetir a dobradinha na dipsuta pela Prefeitura de Belo Horizonte. O rompimento aconteceu logo após o PSB de Marcio Lacerda, pressionado pelo PSDB do senador Aécio Neves - conforme Lacerda justificou à epoca -, quebrar a promessa de se aliar com o PT para as eleições a vereador.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.