domingo, 11 de dezembro de 2011

As vantagens de Belo Monte

Na lógica do desenvolvimentismo, que é a lógica do capital, que exige crescimento contínuo, para continuar enriquecendo seus donos. Não tem nada a ver com distribuição de riquezas (que continuam desigualmente, muito desigualmente, distribuídas) e não tem nada a ver com qualidade de vida. Também não leva em conta que os recursos do planeta são finitos e que estamos destruindo as condições que a Terra oferece para a vida humana. A lógica que leva em conta estas questões é outra, a do decrescimento.

Da Agência Brasil.
Estudo mostra que Belo Monte é mais barata e menos poluente que alternativas de geração de energia
A Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no Rio Xingu (PA) vai trazer menos impactos ambientais do que a utilização de alternativas com energias fósseis e os custos serão menores do que outras fontes renováveis. A conclusão é do estudo Análise comparativa entre Belo Monte e empreendimentos alternativos: impactos ambientais e competitividade econômica, elaborado pelo Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Na análise, os professores Nivalde José de Castro, André Luis da Silva Leite e Guilherme Dantas avaliam quais seriam as fontes alternativas à Belo Monte para o atendimento da demanda crescente por energia e os impactos ambientais dessas fontes. Segundo eles, caso Belo Monte não viesse a ser construída, seria necessária a implementação de fontes alternativas que suprissem esta demanda, que teriam impactos ambientais maiores ou que não teriam consistência suficiente, em termos de segurança energética, para atender o crescimento da demanda por energia elétrica projetada para os próximos anos no Brasil.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.