terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Os novos "partidos" internacionais que lutam pela democracia

Movimentos como a Avaaz se articulam pela internet, em campanhas, com organização diferente daquelas que caracterizaram as internacionais de trabalhadores e socialistas no século XX.

Da Avaaz.
Avaaz e a marcha para a democracia
Caros amigos,
Algo grande está acontecendo. Da Praça Tahrir à Wall St., de jornalistas cidadãos vertiginosamente corajosos na Síria a milhões de cidadãos que vencem campanha após campanha online, a democracia está em movimento. Não a democracia sensacionalista para a mídia, a democracia corrupta ou das eleições a cada quatro anos. Algo muito, muito mais profundo. Lá no fundo de nós mesmos estamos nos dando conta do nosso próprio poder para construir o mundo que sonhamos. A marcha da democracia está varrendo o mundo, e em cada lugar em que ela está surgindo, a Avaaz está lá. Juntos, tivemos um papel importante vencendo enormes campanhas anti-corrupção no Brasil, Índia e Itália, parando a marcha de dominação mundial do poderoso Robert Murdoch, alcançando grandes vitórias ambientais que incluem o salvamento de baleias e a proteção dos oceanos, furando a censura durante os levantes da Primavera Árabe e provendo financialmento vital e proteção para grupos de democracia do Zimbábue, Mianmar e Síria. Há mais de 10 milhões de nós agora e cada vez mais estamos vencendo. Com mais de 1000 campanhas, estamos de fato construindo o mundo que a maioria das pessoas quer. E estamos apenas começando. É surpreendente, mas até recentemente apenas 10.000 de nós tornava nossa comunidade inteira uma realidade, com pequenas doações mensais de $3 ou $5 (o preço de um café), que financiam todas as despesas da Avaaz. Mas para aproveitar esse momento e triunfar, precisamos acelerar -- e para isso estamos buscando dobrar o número de "mantenedores" semanais antes do fim do ano, duplicando nossa capacidade de fazer todas as coisas que fazemos. Já atingimos 60% dessa meta! Clique para se juntar à marcha da democracia e "dar ao mundo uma xícara de café".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.