domingo, 12 de outubro de 2014

"Choque de gestão" fracassou, constata a Folha

Outra matéria da Folha que não pode ser reproduzida, mas pode ser lida clicando aqui. Ela diz com eufemismos que o choque de gestão foi uma peça de propaganda e que os números não confirmam o que se diz dele. Ora, se o tucano é o candidato que vai mudar e se o que ele fez foi ruim, ele vai mudar para o pior, é o que se deduz -- mas não a Folha, é claro. Para quem sabe ler, um pingo é letra, e a matéria, em resumo, diz que o senador não teve como governador a competência que diz ter e promete como presidente. Apesar de toda a propaganda e todos os cortes de gastos que liquidaram os setores públicos, em 2013 Minas Gerais estava quebrado outra vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.