quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O avanço do protofascismo

Do Jornalismo B. 
Militante do PSTU e integrante do Bloco de Lutas é intimidado por policiais militares em Porto Alegre
Como mais um capítulo da criminalização dos movimentos sociais e do avanço da repressão legal e ilegal, o militante do PSTU e integrante do Bloco de Lutas pelo Transporte Público Matheus Gomes, conhecido como Gordo, foi abordado e intimidado por dois policiais militares na manhã desta terça-feira (28/10/14), no bairro Partenon, em Porto Alegre, onde mora. De acordo com Matheus, a abordagem aconteceu por volta das 9h30, na esquina das ruas Chile e La Plata.
Segundo o relato de Matheus, estudante de História na UFRGS, um dos policiais o puxou pelo braço, ao que se seguiu o seguinte diálogo, narrado pelo estudante em seu perfil no Facebook:
PM 1 – Ele mora no bairro.
PM 2 – Sim, tu tem entorpecentes?
Eu – Não!
PM 1 – Ué, tu defendeu a legalização da maconha na eleição e não tem entorpecentes? Como assim?
Eu – Não precisa ser usuário pra defender a legalização.
PM 2 – Tu era o black block né? Porque vocês atacam a polícia?
PM 1 – Tu invadiu a Câmara né? Eu te conheço bem, tu é estudante da UFRGS.
PM 2 – Vocês são muito burros, lutam por passagem ao invés de falar em coisas mais importantes e ainda atacam a polícia.
Eu – Nunca atacamos vocês, defendemos o povo.
PM 1 – Sei. Te liga no bairro que os assaltos tão crescendo.

Após a ameaça, o PSTU prometeu fazer denúncias na Corregedoria Geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e também no Ministério Público. Leia abaixo a nota oficial divulgada pela direção municipal do partido:

Nota oficial do PSTU sobre ação policial contra Matheus Gomes

Nesta terça-feira (28/10), por volta das 9h e 30 minutos, Matheus Gomes (liderança da Juventude do PSTU), foi abordado a duas quadras da sua residência por dois policiais fardados que agiram de maneira propositalmente coerciva, tentando intimidá-lo.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.