segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A perseguição de Israel aos pacifistas

Do Opera Mundi.
Israel inicia expulsão de parte dos ativistas da Frota da Liberdade O governo israelense iniciou no domingo (21) a expulsão de parte dos 30 ativistas pró-palestinos da 3ª Frota da Liberdade, que se dirigia à Faixa de Gaza. O veleiro Estelle, que viajava com bandeira finlandesa, foi interceptado pela Marinha israelense no último sábado (20), quando tentava furar o bloqueio imposto por Israel para levar ajuda humanitária aos palestinos.
Após a interceptação, a embarcação foi levada ao porto israelense de Ashdod e os passageiros seguiram para o centro de detenção em Guivón, próximo a Tel Aviv. De acordo com o porta-voz do serviço de Migração do Ministério do Interior israelense, até o momento foram encaminhados a seus países de origem três espanhóis, cinco gregos e um italiano. Para serem liberados, eles assinaram um documento admitindo que haviam entrado ilegalmente em águas de Israel e renunciaram, assim, qualquer forma de apelação contra sua expulsão do país.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.