quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Votos dos indecisos beneficiarão Haddad, prevê Ibope

Do Estado de S.Paulo
Petista supera tucano em 'potencial' de crescimento
Pela primeira vez nesta eleição, o Ibope mediu e divulgou o potencial de voto dos candidatos. Nesse método, cada candidato é avaliado por todos os eleitores, que precisam dizer se votariam nele com certeza, se poderiam votar, se não votariam de jeito nenhum ou se não o conhecem suficientemente para opinar.
O método é um termômetro das chances que cada candidato tem de conquistar o voto dos eleitores indecisos ou dos que estão abandonando outro candidato.
Apesar da queda, Celso Russomanno (PRB) ainda é o que tem maior potencial de voto: 60%, pois 29% dizem que votariam nele com certeza e 31% dizem que poderiam votar nele. Em seguida vêm Fernando Haddad, com potencial de 52% (20% + 32%), Gabriel Chalita (11% + 31% = 42%) e José Serra (19% + 21% = 40%).
Mas como fica o potencial de cada um deles entre os sem candidato, aqueles eleitores que estão indecisos ou dizem pretender votar em branco ou anular? Eles são 20% do eleitorado hoje e, pelo histórico, não devem passar de 10% no dia da eleição. Ou seja, há ao menos 10 pontos em disputa nesse grupo.
Russomanno e Haddad são, teoricamente, os que mais têm a ganhar com a definição dos sem candidato nos próximos cinco dias. O candidato do PRB tem potencial de 37%, e o petista, de 34%. Chalita tem chances de conquistar 22%, e Serra, só 11%.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.