quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Os negócios do outro ministro Fernando

O Estado de Minas já esqueceu o Fernando Pimentel, que é amigo do Aécio, padrinho do jornal, do Anastasia, governador, e do Lacerda, prefeito, anunciantes. Não será a mesma história? Interesses cruzados e financiamento de campanha estão por trás de toda suspeita de corrupção de políticos no Brasil. Se procurar, acha.

Do Estado de Minas.
Doação com lucros milionários envolvem família do ministro Bezerra
Vinícius Sassine e Guilherme Amado, 11/1/2012
Duas das principais empresas doadoras de campanha do deputado federal Fernando Coelho Filho (PSB-PE) assinaram 14 contratos com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), no valor de R$ 98,6 milhões. Depois de doar R$ 50 mil ao então candidato em 2010, por meio de uma transferência eletrônica registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Flamac Incorporação e Construção ganhou um contrato de R$ 28,9 milhões com a Codevasf, assinado em julho de 2011. No mesmo ano, três aditivos prorrogaram os prazos de um contrato de R$ 12,2 milhões, vigente desde 2009. Doadora de R$ 20 mil em espécie a Fernando Filho, conforme registro no TSE, a construtora Granville & Bazan tem contratos com a Codevasf que somam R$ 57,4 milhões, assinados entre 2005 e 2011. No ano passado, sete aditivos prorrogaram prazos, adequaram serviços e ampliaram os valores contratados.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.