sábado, 26 de novembro de 2011

Greve geral em Portugal

Em quase toda a Europa a situação é a mesma: governos "resolvem" a crise capitalista cortando benefícios sociais para economizar recursos e pagar os banqueiros. Trabalhadores querem o contrário: tirar dos banqueiros e distribuir para os 99,99% restantes da sociedade.

Da Agência Carta Maior.
Greve geral repudia pacote de arrocho para Portugal
Trabalhadores portugueses cruzaram os braços numa greve geral contra as medidas de arrocho dotadas pelo governo. O contestado pacote prevê meia hora a mais de trabalho por dia sem aumento de remuneração, corte de salários e de subsídios de Natal e de férias para funcionários públicos, aumento de impostos, flexibilização das regras para desligamentos, entre outras medidas. Ele faz parte das contrapartidas para o socorro financeiro de € 78 bilhões da chamada troika (FMI, BC Europeu e Comissão Europeia).
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.