segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Velha imprensa: os "nossos corruptos" e os corruptos inimigos

Imprensa paulista abafa escândalos dos governos Alckmin e Kassab. Corruptos de direita têm imunidade.

Do Blog do Rovai.
Caso Controlar ou é por isso que o PiG é PiG
No dia 18 último, o presidente do Metrô foi afastado pela Justiça por descumprimento de ordem judicial. O caso em questão guardava relação com a concorrência da linha 5 do Metrô e o prejuízo calculado para o estado é de 4 bilhões de reais. Na quinta-feira passada, o MP pediu o afastamento do prefeito Gilberto Kassab por conta de prejuízos calculados em 1 bilhão de reais aos cofres públicos na licitação do Controlar. Na sexta, a Justiça determinou nova licitação e bloqueou os bens de Kassab. Os jornais de hoje ignoram ambos os casos nas suas manchetes. Um já caiu no esquecimento (Metrô) e o outro virou nota de rodapé (Controlar). Algumas pessoas acham forte a expressão PiG. Consideram-na inadequada por conta de condenar os veículos de imprensa por um papel que também é deles, o de fazer oposição. De fato, seria exagerado se os veículos comerciais tratassem todos os lados envolvidos no noticiário político a partir dos mesmos critérios. Ou ao menos de critérios semelhantes. Mas como isso está longe de acontecer, chamar os veículos comerciais de PiG não é exagero algum.
A íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.